Take-away

Ogi by Euskalduna: Pão com assinatura chega a casa por subscrição

Foto: Undercover

Há muito a fermentar na cabeça de Vasco Coelho Santos a ideia ganha corpo a partir desta sexta-feira em forma de cabaz semanal

Uma subscrição mensal garante que o pão, confecionado por Gil Fortuna a partir de ingredientes selecionados, chega a casa num cabaz bem recheado. A Ogi by Euskalduna sai do papel e começa a laborar esta sexta-feira, para já em formato pop up a partir da rua das Flores, onde habita o restaurante Sêmea by Euskalduna, já que o objetivo é que o espaço funcione na Rua de Santo Ildefonso, morada do Euskalduna Studio, restaurante que é Garfo de Ouro para o guia Boa Cama Boa Mesa 2020.

A Ogi – que signigica pão em basco - vai privilegiar os produtos de massa mãe e, sempre que possível, cereais portugueses e moídos em mó de pedra.

Foto: Undercover

Gil Fortuna, chef de padaria, acumulou experiência durante vários anos na École Internationale de Boulangerie, em Provença e vai ser responsável pelo projeto que adota, nesta primeira versão, um formato pouco comum, funcionando através de subscrição mensal.

Nesta primeira fase, explica-se em comunicado, o projeto funciona através de cabazes semanais que chegam a casa entre quarta-feira e domingo bem recheados com três produtos. O cabaz semanal custa €17 e pode incluir produtos tão diversos como pães de trigo, centeio, brioche, folar, baguetes ou buns, entre muitos outros.

As encomendas à Ogi by Euskalduna (Rua das Flores, 179 RCH, Porto) podem ser feitas através do email: geral@ogibyeuskalduna.pt.

Foto: Undercover

Sobre o Euskalduna Studio (Rua de Santo Ildefonso, 404, Porto. Tel. 935335301), pode ler-se no último guia Boa Cama Boa Mesa: 2020 marca uma viragem na vida do Euskalduna. Com a dinâmica própria da juventude desta equipa, a mudança é uma constante. Nota-se nas propostas do menu que se reinventam, na vontade de elevar o projeto a um patamar superior através de ingredientes mais nobres e da qualidade que desejam para o serviço. Sentar- -se, preferencialmente ao balcão, e assistir ao trabalho desta cozinha desafiante passa a ser possível, mas apenas de segunda a sexta-feira. O menu único de 10 momentos – com alguns imprevistos – continua a surpreender a cada visita, viajando da simplicidade ao inesperado, sempre com histórias a envolver os produtos – totais protagonistas – e quem os criou. Cada prato parte de um ingrediente base, a que a criatividade de Vasco Coelho Santos sublinha o lado mais especial ou confere renovado contexto. O tête à tête com a cozinha vive de sensações e sabores, memórias que se avivam, como no caso da sopa sempre presente, e oferece algo totalmente novo, como a ostra & pil pil, ou renova clássicos, como o Romeu & Julieta. Um lugar para se deixar levar.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!