Iniciativas e Produtos

Boa Cama Boa Mesa e BPI distinguem resiliência de hotéis e restaurantes

Craveiral Farmhouse
DR

Conheça algumas histórias de resiliência, exemplo de tantas outras contadas nas páginas do guia Boa Cama Boa Mesa 2021, que chega às bancas dia 18 de junho.

Ainda mal se percebia o que estava a acontecer quando Duarte Pinto, do Hotel Muchacho, em Macedo de Cavaleiros, arregaçou as mangas para ajudar. Num cenário de incerteza total, disponibilizou os 29 quartos do seu hotel para alojar médicos, enfermeiros, pessoal auxiliar e até pilotos, sem qualquer custo. Entretanto renovado, convocou para a obra o trabalho de artistas locais. Nos Açores, a arte foi levada ao quarto de cada hóspede sob a forma de concertos e exposições de fotografia. Ao meio encontrado pelo Azor Hotel, em Ponta Delgada, para apoiar os artistas da região soma-se a rápida adaptação do espaço: reabriu adequado a uma nova realidade, apostando em estadias de longa duração e com condições para o trabalho remoto. Distante na geografia mas próximo na atitude, 2020 marcava a renovação do Craveiral Farmhouse, em Odemira. Apanhado de surpresa pela pandemia, nunca chegou a encerrar, acolhendo profissionais de saúde e nómadas digitais, que procuraram a atmosfera rural e tranquila, com os 38 alojamentos espalhados pela propriedade de nove hectares; adaptou a restauração, apostando no take-away, uma forma de não deixar esmorecer a economia local, e ainda forneceu refeições a pessoas e famílias carenciadas.

Na área da hotelaria estes são apenas três exemplos de muitos capazes de revelar o lado mais solidário e audaz de quem teve de se reinventar de um dia para o outro. Muitos foram os que procuraram até ao limite conservar postos de trabalho e até serviram de inspiração, mantendo investimentos e focando-se em melhorias mesmo em tempos incertos. Outros tantos prontificaram-se no imediato para ajudar.

Foi o caso de Pedro Braga, jovem chef do restaurante Mito, no Porto, um dos muitos que arregaçou as mangas e organizou uma rede de apoio em colaboração com instituições locais. Habituadas a servir cerca de 120 refeições, não foi preciso muito tempo para terem de atender perto de 500 pedidos. Realidade semelhante motivou o Palace, em Viseu, que além de laborar para os profissionais de saúde da cidade, forneceu quem deixou de ter o que comer. Além disso, contratou para o seu restaurante, que também remodelou, no espaço e na carta, adaptando-se às exigências dos novos tempos. Chegar a casa dos clientes foi o objetivo do restaurante Salpoente, em Aveiro, que passou a transmitir online a confeção das refeições, como forma de manter a ligação aos comensais naquele que foi um dos serviços que mais se tornou uma necessidade no último ano e meio: o take-away.

Distinguir a resiliência

Num ano excecional, o guia Boa Cama Boa Mesa 2021, com o apoio do BPI, faz questão de distinguir a resiliência de uma área da economia que muito sofreu com a pandemia. Porque não cabem nas suas páginas todas as histórias que mereciam figurar, foram escolhidos simbolicamente e representando todos os restaurantes e alojamentos dos respetivos distritos e Regiões Autónomas, 10 restaurantes e 10 alojamentos, tendo em conta critérios como o apoio à população local e aos profissionais de saúde, o investimento em tempo de crise e a capacidade de reinvenção, transversal ao setor. Resilientes são igualmente os dois distinguidos com o Prémio Carreira, com décadas dedicadas, respetivamente, à arte de bem cozinhar e à de bem receber: Lurdes Graça, com 89 anos, e Emílio Andrade, com 100. Pode conhecer em maior detalhe as suas histórias, contadas nas páginas da edição 2021 do guia que chega às bancas, com o Expresso, a 18 de junho.

Resiliência - Alojamentos distinguidos:

Azor Hotel (Açores)

Casa da Cisterna (Guarda)

Craveiral Farmhouse (Beja)

Evolutee Hotel (Leiria)

Herdade da Cortesia (Portalegre)

Hotel Muchacho (Bragança)

Monte do Colmeal (Évora)

Pena D’Água Boutique Hotel & Vilas (Castelo Branco)

Pena Park Hotel (Vila Real)

Terra do Sempre (Setúbal)

Resiliência - Restaurantes distinguidos:

A Ver Tavira (Faro)

Camelo (Viana do Castelo)

Casa Chef Victor Felisberto (Santarém)

Kampo by Chef Júlio Pereira (Madeira)

Kartilho (Braga)

Mito (Porto)

O Açude (Coimbra)

Palace (Viseu)

Salpoente (Aveiro)

Solar dos Presuntos (Lisboa)

A edição 2021 do guia Boa Cama Boa Mesa, com a seleção dos melhores restaurantes e alojamentos de Portugal vai ser publicado no dia 18 de junho. Pode fazer, desde já, a sua encomenda através da Loja Expresso.

Este artigo foi publicado originalmente no Expresso de dia 11 de junho de 2021

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!