Passeio Verde

Estas aldeias são "um dos melhores destinos de caminhada da Europa" com selo Biosphere Destination

Aldeias Históricas de Portugal

Marque na agenda e parta à descoberta da Paisagem Protegida da Serra do Açor, a Paisagem Protegida da Serra da Gardunha, a Reserva Natural da Serra da Malcata e a Área Protegida Privada da Faia Brava, classificada como a primeira área protegida privada do país

Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-A-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso. Estas são as Aldeias Históricas de Portugal. Funcionam em rede e é nesta condição que se tornaram no primeiro destino à escala mundial a receber a certificação Biosphere Destination, que distingue o seu empenho na sustentabilidade, preservação do território, da natureza das tradições e dos costumes locais. A certificação é atribuída pela Global Sustainable Tourism Council, entidade que à escala global estabelece os pressupostos de um turismo sustentável, de acordo com as orientações da UNESCO e da Carta Mundial de Turismo Sustentável.

Aldeias Históricas de Portugal

Mais de 600 quilómetros de percursos pedestres e cicláveis constituem a Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal, conhecida como GR22, também ela premiada. A GR22 tem o selo "Leading Quality Trails - Best of Europe", atribuído pela European Ramblers Association (Associação Europeia de Caminhadas), que destaca "os melhores destinos de caminhada na Europa", e é a maior rota europeia com tal distinção.

Aldeias Históricas de Portugal

A pé ou de bicicleta, este é o percurso perfeito para quem gosta de desafios e de viajar em autonomia, em contacto pleno e íntimo com o território e com os que nele vivem. Na sua vertente de caminhadas a pé, a rota privilegia os antigos caminhos rurais, que constituem cerca de metade do seu traçado, afastando-se da agitação e proporcionando serenidade, surpresa e segurança. O traçado é circular e dividido em 12 etapas, que podem ser exploradas ao ritmo de cada um.

Na vertente ciclável, as etapas da GR22 abrangem maiores distâncias, alcançando os 3.500 km. Divide em 46 percursos e integra o projeto “Destino mais #bikelife”. Grande parte do trajeto coincide com os percursos pedestres, existindo, no entanto, várias alternativas cicláveis que oferecem novas perspetivas para descobrir a história, o património e a natureza do território.

Este Passeio Verde foi realizado em parceria com Volvo - Carro Oficial Boa Cama Boa Mesa
DR

Cenários idílicos e geomorfologia variada, com os mais belos parques naturais e reservas de Portugal classificadas como Património Mundial da UNESCO como é o caso do Parque Natural do Tejo Internacional e o Parque Natural da Serra da Estrela, recentemente consagrado Geopark Mundial pela UNESCO, integram as 12 Aldeias Históricas de Portugal.

Aldeias Históricas de Portugal
Nelson Almeida

Destaque para a Paisagem Protegida da Serra do Açor, a Paisagem Protegida da Serra da Gardunha, a Reserva Natural da Serra da Malcata e a Área Protegida Privada da Faia Brava, classificada como a primeira área protegida privada do país, sendo também uma área-piloto do projeto europeu Rewilding Europe para a criação de áreas naturais silvestres e desenvolvimento de turismo de natureza na Europa. Fica situada entre a cordilheira da serra da Marofa e o manto de vinhas do Douro, no coração do canhão fluvial do rio Côa.

Conhecida pelas gravuras que imprimiram a história ao longo deste território, a Grande Rota do Vale o Côa é um percurso que nos conduz a outro tempo, em que tudo o que havia era o homem, a Natureza, e a sua imaginação. Classificado Património da Humanidade desde 1998, o Vale do Côa é considerado “o mais importante sítio com arte rupestre paleolítica de ar livre”. A rota, que se prolonga por 222 quilómetros, pode também ser explorada a pé ou de bicicleta.

Aldeias Históricas de Portugal
Cristovao Matos

Lendas e histórias são o que não faltam também em torno das Aldeias Históricas, dando inclusivamente mote às afamadas festas que se realizam durante o verão. Uma delas faz referência à bonita serra da Marofa: reza a tradição que o caso de amor entre um cavaleiro cristão e a linda filha de um rico judeu, que se refugiou em Castelo Rodrigo, de seu nome Ofa, deu origem ao nome da serra: Serra da Marofa. Mas esta é apenas uma das muitas histórias que as aldeias encerram e que valem bem apena serem conhecidas de perto.

É também em Castelo Rodrigo que se encontra parte do Parque Natural do Douro Internacional, com mais de 86 mil hectares de área, que representa uma área fundamental para a conservação da avifauna. As aves são o grupo de fauna com maior representatividade nesta área, quer pela elevada diversidade quer pela ocorrência de várias espécies ameaçadas, que guardam aqui uma importante parcela das suas populações nidificantes a nível nacional e ibérico.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!