Covid-19

Companhias aéreas, operadores turísticos e jornais: os ingleses estão "loucos" com Portugal

Com os destinos concorrentes fora do corredor verde, Portugal ganhou um destaque inesperado entre os ingleses, que correm a marcar férias, comprar voos e a reservar hotéis. Nos jornais desdobram-se os artigos com os locais imperdíveis no nosso País

Paulo Brilhante

Jornalista

Logo após Portugal ter tido luz verde como destino de férias para os ingleses, a partir de 17 de maio, as pesquisas relacionadas com o nosso país dispararam, bem como toda a comunicação sobre locais a visitar, promoção de voos, reservas de hotéis e compra de pacotes promocionais, nomeadamente para o Algarve e Madeira. Nos últimos dias, Portugal tem ocupado lugar de grande destaque nas pesquisas e reservas de voos, nomeadamente na Easyjet e Ryanair, mas igualmente na compra de pacotes de férias através de grandes operadores turísticos como a TUI, Thomas Cook ou a Jet2, que já anunciaram mais ligações aos destinos nacionais, na sequência das “reservas em massa” recebidas nos últimos dias. Segundo um porta-voz da Jet2, as reservas para Faro e para o Funchal disparam "600 por cento", em apenas 24 horas.

Na verdade, em Inglaterra já se afirma que os voos mais caros do verão podem ver a ser os que têm Portugal como destino, tendo em conta a grande procura. Segundo o jornal londrino Evening Standard vários voos da Ryanair subiram de 15 para 152 libras, já a partir de dia 17 de maio, enquanto um voo da British Airways, de Heathrow para Faro duplicou o valor e custa agora 530 libras (cerca de 610 euros).

Ver Instagram

"Get ready Portugal, the English are coming"

Nos jornais e revistas ingleses, Portugal tem ocupado páginas diárias de reportagens e sugestões de locais a descobrir e que não esgotam no clássico “sol e mar”. A publicação especializada em economia, Quartz, resumiu em título, o que vai acontecer a partir de dia 17 de maio: “Get ready Portugal, the English are coming”. O reconhecido The Guardian apressou-se a publicar “Os 10 melhores locais para visitar em Portugal, escolhidos pelos leitores”, destacando o Parque Nacional da Peneda-Gerês, o Algarve, litoral e interior, a Comporta, a cidade do Porto, a Costa Nova, em Aveiro, e ainda o Alto Alentejo. Já o The Telegraph anunciou os “melhores hotéis de praia em Portugal para este verão”. Na seleção da especialista do jornal, encontram-se sete alojamentos no Algarve: Vila Joya, Vila Vita Parc, Memmo Baleeira, Bela Vista Hotel & Spa, Martinhal Beach Resort & Hotel, Tivoli Carvoeiro e Pine Cliffs Resort. As outras três sugestões são a Quinta da Comporta, o Areias do Seixo e o Albatroz Hotel. Por sua vez, o Evening Standard descreve os “hotéis preferidos” para umas férias em Portugal. A listagem é bastante abrangente, do interior à costa atlântica, com alojamentos de referência e premiados, como The Yeatman, Six Senses Douro Valley passando pelas opções menos conhecidas internacionalmente, como Dá Licença, em Estremoz, Fazenda Nova Country House, em Tavira, ou Casa Fortunato, em Lisboa. Este tipo de artigos tem também ocupado várias páginas em jornais irlandeses e até do País de Gales.

Ver Instagram

Com a concorrência, como Espanha ou Grécia, fora da Lista Verde de Inglaterra, a secretária de estado do Turismo, Rita Marques considerou, em entrevista à SIC Notícias, que esta situação “marca o início da reativação do turismo”. No Algarve, os hoteleiros confirmam o aumento das reservas e já anunciam “um verão melhor” do que em 2020, tendo a conta “a procura do nosso maior fornecedor de turistas, que é o Reino Unido”, referiu Elidérico Viegas, presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve, à TSF. Já o Turismo do Algarve anuncia uma forte campanha de promoção do destino junto dos diversos mercados internacionais.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!