Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Oktoberfest à portuguesa? É com cerveja artesanal, com certeza!

  • 333

md37

É das bebidas mais antigas do mundo. Já Júlio César, o Imperador, era um forte apreciador de cerveja. Em Portugal, habituámo-nos a vê-la sobretudo loura e brilhante, mas belgas e ingleses sempre as tiveram mais encorpadas e muito morenas. A vontade de experimentação fez brotar numerosas pequenas fábricas cervejeiras pela cidade de Lisboa. O Boa Cama Boa Mesa sugere 12 locais, alguns de culto, com ambiente alternativo e programação musical seletiva, em que se pode petiscar e provar todo um universo de cervejas artesanais. Afinal, estamos em outubro, mês de Oktoberfest…



Quimera Brewpub
Cervejaria artesanal, pub e restaurante localiza-se no túnel que serviu de caminho para os cavalos reais chegarem ao Palácio das Necessidades. As cervejas Quimera são produzidas pelo mestre cervejeiro e chefe de cozinha, o americano Adam Heller. Das Sour às APA, Quimera produz para 12 torneiras. APA de Single Hop Cascade, uma Pale Ale, e algumas escuras como as Stout, com adição de cacau, e a “rainha” NAFIPA (Not Another Fucking IPA) são três exemplos (preços a partir de €3,50). O chefe do Quimera Brewpub (Rua Prior do Crato, 6. Tel. 917070021) gosta de brincar com a fermentação, com leveduras como o Kveik, produzindo sidras e kombuchas. Para comer: sanduíches do estilo NY Deli com carne estufada em cerveja; cachorro com salsicha alemã, chucrute e Kim Chi, tudo artesanal. Uma experiência por vezes feita ao som de música ao vivo.

Cerveja Canil
A fórmula deste espaço baseia-se nas doses generosas de comida para partilhar e 32 variedades de cerveja à pressão, das quais 26 de cervejeiras locais e seis de fabrico próprio, para experimentar. Weiss, Belgian Blond, Red Ale, Session IPA (a mais pedida), NEIPA e Russian Imperial Stout… há estilos para todos os gostos. Provam-se cervejas a partir de €1 durante a Happy Hour, de segunda a sexta-feira, das 17h00 às 19h30. Aos domingos é dia de Feijoada à Brasileira na Cerveja Canil (Rua dos Douradores, 133. Tel. 218873321), mas há também croquetes de alheira; "pastéis de nata" de bacalhau ou ribs laqueadas em barbecue de ginja. Sugestão de maridagens com cerveja por €12. Tudo ao som de muito rock e alguns latidos, já que são uma cervejeira pet friendly.

Delirium Café Lisboa
A ideia dos proprietários do Delirium Café Lisboa (Calçada Nova de São Francisco, 2 A. Tel. 213460920), o casal Neko Pedrosa e Verônica Fernandes, foi “trazer as melhores cervejas do mundo para o Chiado”, abrindo a única filial da maior cervejaria na Península Ibérica. São 300 metros quadrados no coração de Lisboa com direito a esplanada, snooker, grandes ecrãs para ver futebol. 150 cervejas de todo o planeta, 35 torneiras - um recorde em Lisboa – e ainda a coleção Delirium-Tremens, Red, Argentum, Nocturnum, Noel, La Trappe, Paulaner, Coco e Banana Mongozo (a partir de €4,50). Na ementa destacam-se os clássicos como ribs de porco ao molho barbecue; croquetes com mostarda Dijon; pica-pau e cinco tipos de hambúrgueres, todos com nomes de cervejas da casa (a partir de €12). A cada mês de outubro, a Oktoberfest do Delirium Café Lisboa promove algumas das cervejas da festa alemã.



Dois Corvos
Em Marvila, numa extensão da fábrica Dois Corvos (Rua Capitão Leitão, 94. Tel. 211384366), o Tap Room é o lugar onde nos podemos sentar e experimentar as cervejas na companhia de outros apreciadores de cerveja artesanal. Esta sala de provas está aberta ao público e conta com 17 torneiras, para além de uma oferta de petiscos, pizzas e focaccias, a partir de €6. Entre as novidades cervejeiras, em homenagem ao “industrioso cavaleiro do Braço de Prata” nasceu a cerveja Prata Pilsner. Já a Galáxia é uma Milk Stout com adição de lactose que apresenta aromas de café expresso, chocolate e frutos secos. Por fim, a Matiné, usa uma avultada quantidade de lúpulo para um sabor intenso, mas com um baixo teor alcoólico, para beber a qualquer hora do dia. Cervejas de €2,50 a €2,80.

Cerveteca Lisboa
Fica a meio caminho entre o Chiado e o Cais do Sodré e foi dos primeiros locais a arriscar nas cervejas artesanais. A Cerveteca Lisboa (Praça das Flores, 63.) brinda-nos com marcas nacionais e estrangeiras em garrafa, mas também 12 torneiras e dois “hand pumps”. Para petiscar, a partir de €3,20, pode acompanhar uma cerveja com uma conserva de cavala com azeite picante, mas também há queijo de S. Jorge, compotas, enchidos da Beira Baixa, sanduíches de salmão com mostarda de ervas, presunto com manteiga de cerveja, por cerca de €5. Na Cerveteca tanto se encontra uma Brewdog Arcade Nation, Black IPA, por €3,50, como uma cerveja belga envelhecida como a Dud Beersel Dude Gueze (75 cl), por €51,45.

ArtesanaLis Bottle Shop
É um caso à parte. Além de ser uma bottle shop, ou seja, uma garrafeira de cerveja artesanal, com cerca de 150 rótulos diferentes, vendida fresca para levar ou para beber no local, também concentra a oferta de petiscos em sugestões vegetarianas como o trio de batatas chips, azeitonas e tremoços; Bruschetta de tomate; Onion Rings, Batatas Rústicas; Nachos com salsa, com preços entre €4 e €5,50. Em rotação, na ArtesanaLis Bottle Shop (Rua Acácio de Paiva, 9ª. Tel. 212472063) no bairro de Alvalade, existem sempre duas cervejas de pressão. Atualmente é a americana Sierra Nevada (Torpedo - IPA) e a espanhola Dougall's (942 - APA).



Crafty Corner
O Crafty Corner (Travessa de Corpo Santo, 15. Tel. 213460844) fica localizado no coração do Cais do Sodré. Trabalham com 12 torneiras com cervejas que podem ser harmonizadas com um menu de comidas que varia dos mais tradicionais petiscos e pratos portugueses aos hambúrgueres, passando pelas “melhores asas de frango de Lisboa” e pastéis de bacalhau. No menu de cervejas encontram-se os populares “tasting paddles”, que são tábuas de degustação com cinco copos de 15 cl (a partir de €10). Cervejas de 25 cl variam entre €3 e €5. A agenda é bastante diversificada e vai desde as terças-feiras de “open mic”, onde todos podem cantar, recitar ou contar piadas aos primeiros sábados do mês com música swing da década de trinta do século passado.

8.Lx Brewery- Lx Beer
Apresenta-se como tendo o objetivo de ser “A cerveja artesanal de lisboa” e a querer “dar de beber aos clientes do mundo”, fazendo a ressalva de que as cervejas artesanais desta microcervejeira “podem conter vestígios de irreverência”. Os estilos de cervejas disponíveis em garrafas na 8.Lx Brewery- Lx Beer (Rua da Ilha terceira, 42D ou Rua do Funchal, 5. Tel. 911555851) são a Rye IPA, a Black Rye IPA, a Fresh Pale Ale, a Toranja Bisa e a Crazy Batch. Servem para degustar sozinho ou em grupo, recorrendo a packs para partilhar. As cervejas podem beber-se a partir de €2,50 e petisca-se a partir de €3,50.



Ground Burger
Tem no “Hambúrguer do Mês” uma surpresa. Lançou, por exemplo, uma sugestão com foie gras e trufa (€24,95) e agora apresenta “Carne 100% Black Angus, lavagante com manteiga noisette, maionese com aipo e limão” (€19,95). Nas cervejas acontece o mesmo, com algumas excentricidades que apetece experimentar como as cervejas envelhecidas, neste caso a Rogue Rolling Thunder, de 500 ml (Imperial Stout - Whisky BA) de Newport, nos Estados Unidos (€29,95). Todos os hambúrgueres do Ground Burger (Avenida António Augusto Aguiar, 148 A. Tel. 213717171) são artesanais, com carne certificada Black Angus, servidos num pão feito in sito, assim como acontece com os pickles, por exemplo. (Hambúrguer a partir €9,95 e cerveja de 200 ml à pressão, Sierra Nevada Pale Ale, por €3,95).

21 Brewpub Gallas
Na Graça, a fabrica da Gallas fica num piso inferior, enquanto o bar, 21 Brewpub Gallas (Rua Angelina Vidal, 53ª. Tel. 962996126) (apelido do proprietário Gustavo Gallas) junto à entrada da rua. As Cervejas Gallas são premiadas internacionalmente com o World Beer Awards Silver, em 2018, nomeadamente, a Caparipa, All The Way to Stout e a Wit Cinco de Abril. Têm hoje 18 torneiras, sendo 12 cervejas de fabrico próprio (a partir de €2,90). Para além das torneiras, conte com mais de 200 referências em garrafa, entre portuguesas e estrangeiras. Para petiscar: bolinhos de picanha (€6,80), pastéis de bacalhau (€3,60) ou bolinhos de alheira (€3,60).

The George
É um lugar de índole internacional, não apenas pelo nome, mas também por estar em plena Baixa Pombalina. O The George Pub (Rua do Crucifixo, 58. Tel. 213460596) tem a exclusividade em Lisboa das cervejas de pressão London Pride (britânica), Brewdog (escocesa) e Pilsner Urquell (checa) e ainda de uma Guiness. Muito particular por vir diretamente da Irlanda (cerveja artesanal a partir de €3,60). Para meados de dezembro anunciam uma cerveja de adega com nome próprio, feita em exclusivo com a Super Bock, fermentada a baixa temperatura, não sendo pasteurizada nem filtrada. Menus de tapas (€25, por pessoa, com cerveja), incluindo nachos, ovos mexidos com farinheira, asas de frango, croquetes de alheira e prego de atum.



O Purista Barbière
Espaço multifuncional, onde é possível desfazer a barba e cortar o cabelo enquanto prova uma das quatro variedades à pressão, sendo a Lagunitas IPA, uma cerveja residente. No espaço O Purista - Barbière (Rua nova da Trindade, 16C. Tel. 916442744) recomenda-se escolher um dos ambientes de charme deste lugar, em tempos alfarrabista, e aventurar-se numa partida de snooker. Atualmente, dispõe de cinco cervejas artesanais, com preços entre €3 (copo 25 cl) e €8 (copo 70 cl). A sugestão de “casamento” recai na Tosta de chourição, queijo brie e azeitonas ou, a versão veggie, com tomate manjericão, maçã verde e noz (€4,50). As tábuas de queijos ou de carnes frias são uma alternativa para partilhar (€13).

Este artigo foi originalmente publicado na edição do Expresso Diário de quinta-feira, 17 de outubro 2019.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!