Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Mergulhar no Centro: 12 praias fluviais imperdíveis

  • 333

Praia Fluvial da Peneda

Fernando Romão

Refresque-se em águas cristalinas rodeadas de paisagens bucólicas dominadas por uma panorâmica em tons de verde. 12 praias fluviais na região Centro, que convidam a aproveitar o melhor do verão.

Praia de Foz d’Égua
Fica próxima da aldeia de Piódão o que, só por si, justifica um passeio, sempre guiado pela Serra do Açor. Mas há mais: situada no ponto de encontro da ribeira de Piódão com a de Chãs, a natureza exuberante, as águas límpidas e frescas e o enquadramento rural, com as típicas casas de xisto e a ponte a pontuarem a paisagem, ajudam a um cenário inspirador.
Foz d’Égua, Arganil.

Praia Fluvial do Agroal
Uma das mais pitorescas praias fluviais do país, a Praia de Agroal resulta da ação da mão humana na nascente do rio Nabão. Uma piscina central ‘desagua’ no rio que corre livremente a partir dali, criando uma paisagem singular. Desfrute ainda de diversas estruturas de apoio, incluindo mesas para fazer um piquenique.
Formigais, Ourém.

Praia da Aldeia da Ruiva
Deslumbre-se com a paisagem natural proporcionada pela represa da ribeira da Isna e a tranquilidade verde que envolve o local. Os vários desníveis garantem maior segurança aos banhos nas águas límpidas, rodeadas de relvado e também areia, onde pode estender a toalha. Há também diversas estruturas de apoio que garantem um dia bem passado. Outras caraterísticas a assinalar são a cadeira anfíbia e a a ampla rampa de acesso à água que tornam a praia acessível a pessoas com mobilidade reduzida.
Aldeia da Ruiva, Proença-a-Nova.

Praia da Loriga
Esta é uma praia única. O facto de se situar num vale glaciário confere-lhe uma configuração singular e paisagem quase mística. Rodeada de densas montanhas, ou não estivéssemos em pleno Parque Natural da Serra da Estrela, desenvolve-se em socalcos ou pequenas piscinas e ligeiras cascatas por onde correm as suas águas cristalinas. Porque a água vem da nascente, prepare-se para a temperatura da água, bastante fresca.
Loriga, Seia.

Praia do Vale do Rossim
Também na Serra da Estrela, a Praia Fluvial do Vale do Rossim fica a 1437 metros de altitude o que faz dela a mais alta do país. Dizer que se situa no maior vale glaciar da Europa, e que integra a Reserva Biogenética do Parque Natural da Serra da Estrela é pouco para transmitir a beleza do local que nasceu pela mão do homem: trata-se de uma lagoa formada pela barragem do Vale do Rossim, que hoje se presta a banhos tranquilos - em águas temperadas - e atividades radicais como rappel, slide, canoagem, passeios pedestres e de moto 4, ou a mmentos relaxados no bar de apoio.
Vale do Rossim, Gouveia.

Praia Fluvial de Avô
Banhada pelo rio Alva e pela ribeira de Pomares esta é uma praia que fica em plena vila de Avô, o que lhe concede especial interesse. O encontro dos dois cursos de água forma a conhecida Ilha do Picoto, onde está instalada uma agradável zona para piqueniques. À sua volta, dois açudes oferecem um enquadramento peculiar que é complementado por uma piscina infantil alimentada com água do rio, zonas de relva, balneários e passagens pedonais.
Avô, Oliveira do Hospital.

Praia da Bogueira
É nas margens do rio Ceira, junto à aldeia de Casal de Ermio que se ergue esta incrível paisagem desfrutada a partir da Praia Fluvial da Bogueira. As águas tranquilas e límpidas convidam a banhos. Saindo da água, nesta praia galardoada com Bandeira Azul, e Medalha Qualidade de Ouro, atribuída pela Quercus, encontra tudo o que precisa para um dia bem passado entre miúdos e graúdos: campo de jogos, mesas de piquenique e piscina fluvial para as crianças, além de muita sombra para se abrigar do calor.
Bogueira, Lousã.


Praia Fluvial da Louçainha
Beleza natural, bons equipamentos, água límpida e acessibilidade tornam esta praia um local muito concorrido no tempo quente. Mergulhe a partir da prancha para uma profundidade de três metros e desfrute do intenso verde em redor, a partir da água, da relva ou do restaurante e bar com vista panorâmica.
Louçainha, Penela.


Praia Fluvial da Peneda
Com vista para a ponte romana Joanina de Góis que ajuda ao bucólico cenário, a Praia Fluvial de Peneda fica mesmo no centro da vila. Aproveita as águas do rio Ceira que se dispõem a agradáveis mergulhos e também uma boa dose de diversão proporcionada pelas várias estruturas disponíveis. Uma grande área de lazer, dividida entre o areal no centro do Rio e o extenso relvado são outros pontos de interesse, bem como o passadiço e o bar de apoio, onde pode relaxar enquanto olha para o movimento habitual de um dia de calor.
Góis.

Praia Fluvial do Reconquinho
Na margem esquerda do rio Mondego, em frente a Penacova, a Praia Fluvial do Reconquinho (Bandeira Azul desde 2013) oferece o melhor de dois mundos: Ao mesmo tempo que desfruta de um agradável enquadramento natural dominado pelo verde, dispõe também de vários apoios de praia, campo de futebol, parque de merendas e infantil, bar, fluvioteca (uma biblioteca móvel que aqui estaciona nos meses mais quentes) e uma pista de pesca onde pode tentar a sorte com truta, boga, barbo ou enguia.
Reconquinho, Penacova

Praia Fluvial da Cascalheira
Classificada como “Praia de Qualidade de Ouro” pela Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, e dotada de Bandeira Azul, esta praia banhada pelo rio Alva dispõe de muita sombra, proporcionada pelos densos amieiros. Fica junto a um açude e possui ainda diversos pontos de apoio que a tornam acessível, mesmo a pessoas com pouca mobilidade.
Secarias, Arganil

Praia Fluvial do Porto da Várzea
Ideal para passar um dia em família, esta praia fluvial estende-se pelas duas margens do rio Alfusqueiro. Além de ir a banhos, pode também fazer um piquenique no agradável parque de merendas e, devido à abundância de peixes, dedicar-se à pesca. Como apoios pode contar com um bar-restaurante, um parque infantil e muita sombra para se abrigar do calor.
Campia, Vouzela

Este artigo contou com o apoio do Turismo do Centro do Portugal