Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Prémio Nacional de Turismo: Candidaturas terminam no final de maio

  • 333

Divulgação

O Expresso e o BPI criaram o Prémio Nacional de Turismo 2019, uma iniciativa pioneira cujo objetivo é premiar as empresas portuguesas que se distingam como casos de sucesso nas categorias de Alojamento, Restauração e Serviços Turísticos, procurando desta forma garantir uma representatividade alargada do setor do Turismo. O Prémio distingue ainda outras quatro categorias, designadas como Especiais.

Primeiro, o Turismo Responsável, que premeia projetos que contribuam para assegurar a preservação e a valorização económica sustentável do património cultural e natural e da identidade local, a sustentabilidade ambiental e a responsabilidade social no turismo.

A categoria de Projeto Inovador distingue projetos alinhados com as prioridades e a implementação de boas práticas do setor. Já a categoria Projeto Público consagra projetos que beneficiem a região onde foram desenvolvidos. Por último, a categoria Carreira homenageia um empresário/personalidade pela ousadia/empreendedorismo e contributo para o setor do Turismo.

As candidaturas devem ser efetuadas exclusivamente online, no site do Prémio Nacional de Turismo, em www.premionacionalturismo.pt, até 31 de maio de 2019. Os critérios de seleção para o Prémio passam pela qualificação da oferta, por exemplo ao nível da respetiva valorização, sustentabilidade económica e social, acessibilidade e valorização dos recursos humanos, assim como da satisfação do cliente; inovação da oferta face à concorrência e qualidade do serviço, e ainda qualificação ambiental e performance operacional nos últimos três anos e o contributo para o desenvolvimento turístico.

Uma vez terminado o processo de avaliação inicial, as candidaturas são ordenadas por pontuação, são gerados os diferentes ranking e selecionadas as 10 melhores candidaturas de cada categoria (num total de 30), que são remetidas aos órgãos de seleção correspondentes. Esta avaliação é realizada pelos comités técnicos, existindo um comité para cada categoria (Alojamento, Restauração e Serviços Turísticos). Os comités técnicos são constituídos por representantes das entidades organizadoras e por especialistas em cada setor, cuja missão é selecionar as cinco empresas finalistas de cada categoria, que se apresentarão ao júri. Em caso de empate entre os candidatos, o BPI tem voto de qualidade.

O Prémio Nacional de Turismo conta com o alto patrocínio do Ministério da Economia, o apoio institucional do Turismo de Portugal, I.P. (Turismo de Portugal), em parceria com a Deloitte Consultores, S. A. (Deloitte), entidade com competências de consultoria na área do turismo.

Como concorrer:

As candidaturas são efetuadas exclusivamente online, no site do Prémio Nacional de Turismo – www.pemionacionalturismo.pt –, e só podem referir-se às categorias principais (Alojamento, Restauração e Serviços turísticos), até dia 31 de maio. As empresas devem registar-se no Turismo de Portugal e estar isentas de incumprimentos perante a banca, Fisco e Segurança Social. Caso a entidade seja elegível, mas se candidate a uma categoria na qual não se enquadra, será realocada pela organização.

A 1 de junho começa a análise preliminar. A final da fase de avaliação preliminar, após a qual são escolhidos cinco finalistas por categoria, acontece a 31 de julho. No início de setembro, os nomeados finais apresentam-se perante o júri.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!