Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Passeio Verde: Mergulho no conhecimento no renovado Pavilhão da Água

  • 333

Mais de 450 mil pessoas já passaram pelo Pavilhão da Água, que agora se apresenta completamente renovado, com muita interatividade e um equilíbrio perfeito entre diversão e aprendizagem. O edifício ganhou mais uma sala e uma zona de apoio, que o tornaram maior. Da porta de entrada para dentro, é tudo novo. Agora, no Pavilhão da Água, até é possível fazer chover.

A viagem pelo novo Pavilhão da Água começa no primeiro andar. Depois de subidas as escadas de madeira, entramos na sala dedicada à nascente do rio. A meio, um globo gigante chama a atenção para uma mensagem: a distribuição da água no planeta Terra. Depois do núcleo sobre a nascente, a exposição guia-nos pelo troço médio do rio.



Num canto da sala principal, um tanque pequeno com areia e um projetor simulam uma paisagem montanhosa e mostram para onde vai a água quando chove. O ciclo da água, os poços convencionais e artesianos e o sistema das eclusas preenchem o resto da divisão. Uma das principais atrações é também o laboratório, onde um monitor convida o público para participar e onde pais e filhos podem testar algumas experiências. No rés-do-chão, é demonstrada a importância de uma ETAR - Estação de Tratamento de Águas Residuais.



Com um forte enfoque no papel das Águas do Porto, é explicado o ciclo urbano da água, o funcionamento das barragens e dos tsunamis integrados no percurso geral proposto aos visitantes. Numa caixa de areia criam-se planícies, vales e montanhas com as mãos, da mesma forma que se constroem castelos na areia da praia. Depois de criada a paisagem, elevam-se as mãos como se fossem nuvens e, com os dedos bem abertos, um efeito luminoso recria chuva dentro da sala.

Das muitas novidades do Pavilhão da Água, destaca-se ainda a Sala Imersiva, onde os visitantes podem assistir a um filme, com a projeção de uma viagem que começa na montanha e atravessa o mar. Nesta experiência, é possível perceber o cenário mais extremo das alterações climáticas e as suas consequências diretas para a cidade do Porto.

A entrada é gratuita para crianças até aos 4 anos. Dos 4 aos 12 anos o bilhete custa €5 e os adultos pagam €8. Até ao dia 6 de abril, o Pavilhão da Água vai estar aberto todos os dias, das 10h00 às 17h30. Após esta data, o equipamento municipal, localizado no Parque da Cidade, encerra aos domingos.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!