Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Passeio verde: Descobrir os encantos da Mata Nacional do Buçaco!

1 / 10

2 / 10

3 / 10

José Moura

4 / 10

5 / 10

6 / 10

7 / 10

8 / 10

9 / 10

10 / 10

José Moura

É um dos mais belos locais do país, com a sua densa floresta, edifícios centenários, nascentes e muita história. Um pequeno paraíso que convida ao relaxamento e à introspeção com os sons da natureza como banda sonora.?

A natureza e o glamour unem-se num local onde é intensa a sensação de viagem no tempo. Da densa floresta aos edifícios, passando pelos jardins cuidados e não esquecendo boa cama e boa mesa, a Mata Nacional do Buçaco pode ser desvendada por diversos ângulos. Difícil é escolher apenas uma abordagem.

Cheia de vida, pela diversidade da flora e da fauna, de dia e de noite, esse consegue ser simultaneamente um local repleto de tranquilidade e comunhão com a natureza.

Os passeios neste local convidam a uma viagem interior ou não tivesse a mata sido escolhida, em 1628, para construir o 'deserto' em Portugal da Ordem dos Carmelitas Descalços, cuja vida monástica aqui começou em 1630. A larga história deste local - que remonta a a 1094, sente-se a cada passo. Apesar de preservar as marcas do passado, a Mata Nacional do Buçaco não parou no tempo, e atualmente organiza muitas e diversificadas atividades para quem deseja descobri-la e explorá-la de diferentes prismas. Dos roteiros mais tradicionais fazem parte os passeios pelos trilhos e as visitas em grupos, mas a oferta  estende-se também a programas mais completos, que sugerem dias de relaxamento e introspeção.

O Pacote Mata do Buçaco, que inclui um passeio por esta imensidão de verde, passando por diversos focos de interesse histórico, arquitetónico e botânico, tem a duração de duas horas, entre as 10h00 e as 18h00, e custa 9 euros por pessoa. O programa Um dia com o Buçaco sugere um passeio prolongado, com tempo para desfrutar dos recantos deste paraíso verde que é a Mata Nacional. O pacote inclui um passeio a pé entre as 10h00 e as 16h00 e um almoço regional e custa 50 euros por pessoa. Pode optar ainda pelo programa Um dia pela Bairrada que estende o passeio às regiões adjacentes, como é o caso da Cúria, Bairrada, caves Aliança, um almoço com leitão da Bairrada num restaurante de referência e espumante para terminar o dia em beleza. Um pacote que fica por 45 euros por pessoa.

Buçaco ao Sol e ao luar
Há também um sem número de atividades regulares que se intensificam já no próximo mês, devido à celebração do Dia Mundial do Ambiente. De 1 a 17 de junho, a Mata Nacional do Buçaco dinamiza diversas atividades direcionadas para todos os públicos. Sessões de cinema ao ar livre, aulas de pintura, jogos tradicionais, exposições, passeios, oficinas, visitas noturnas e um dia de relas são apenas algumas das muitas atividades programadas para estes dias que prometem encher de animação este local habitualmente tranquilo. Conheça toda a programação na página da Mata Nacional do Buçaco.

Para quem não resiste a esperar, uma das próximas atividades é dedicada aos Anfíbios da Mata e acontece dia 25 de maio, no âmbito do Dia Internacional da Biodiversidade (dia 22 de maio). O convite é para conhecer esta fauna peculiar, numa saída noturna que custa 5 euros e decorre durante cerca de duas horas a partir das 21h30. O ponto de encontro é no Convento de Sta. Cruz do Buçaco e as inscrições podem fazer-se através do e-mail: atividades@fmb.pt.


Património
O espaço ocupado por 105 hectares é constituída por cerca de 250 espécies de árvores e arbustos e inúmeros exemplares notáveis. É uma das Matas Nacionais mais ricas, em património natural, arquitetónico e cultural. Além da natureza, a Mata Nacional do Buçaco alberga edifícios emblemáticos e de rara beleza. O Convento de Santa Cruz, as ermidas, a Via Sacra ou o Palace Hotel do Bussaco, a Casa dos Cedros ou a Casa dos Brasões são edificações de épocas e utilizações diferentes mas igualmente marcantes. Na extensão da Mata e à volta há outros locais para explorar. Se tiver tempo não deixe de conhecer (ou redescobrir) o Luso com as suas frescas nascentes e fontes, a Cúria, Anadia, e outros dois ex-líbris da região: leitão e espumantes típicos da Mealhada.

À mesa
Não é fácil rivalizar com o Leitão à Bairrada, acompanhado de um espumante regional e antecedido de pão da Mealhada acabado de sair do forno. Mas nesta região encontra outros pratos típicos, como é o caso da chanfana ou carne assada, ou os saborosos negalhos caseiros são dois produtos gastronómicos a experimentar, bem como o arroz de pato à antiga, o galo de carne assada ou o bacalhau à lagareiro. Cabidela de leitão, corada no molho no forno é um prato diferente cuja degustação se aconselha aos apreciadores. Para finalizar, os caramujos, doce de ovos e folar da Páscoa fazem parte das iguarias típicas doces que o concelho tem para oferecer.

Aberto no verão (de 7 de março a 30 de setembro) das 08h00 às 20h00 e no inverno (de 1 de outubro a 26 de março) das 8h00 às 18h00, o acesso à Mata nacional do Buçaco é gratuito se os visitantes entrarem a pé, custa 2 euros para veículos de 2 rodas com motor e 5 euros para veículos ligeiros até 5 lugares, preço que pode chegar a um máximo de 500 euros no caso de um grupo de cem ou mais veículos ligeiros.  O preço das visitas temáticas varia entre os 3 e os 5 euros e os vários trilhos custam 5 euros por participante.

Onde dormir no Buçaco:
Curia Palace Hotel Spa & Golf
Bussaco Palace Hotel
Casa de Mogofores
Grande Hotel do Luso
Hotel Alegre

Onde comer no Buçaco:
Restaurante Quinta do Encontro
Restaurante Pedro dos Leitões
Restaurante João Vaz do Palace Hotel do Buçaco

E Mais Buçaco!
Escape TV: À descoberta da região da Bairrada!?

?Acompanhe o escape.pt no Facebook e no Twitter!

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.