Boa Mesa

Há mais um português na lista “The Best Chef”: Rui Paula confessa-se surpreendido com a nomeação

Chef Rui Paula
Nelson Garrido

Rui Paula é a mais recente entrada na restrita lista dos melhores. São já cinco os chefs a trabalhar em Portugal na corrida para melhor do mundo.

Rui Paula, Chef do Ano 2020 para o guia Boa Cama Boa Mesa e Garfo de Platina no restaurante Casa de Chá da Boa Nova, em Leça da Palmeira, onde ostenta duas estrelas Michelin, é o mais recente nome português na lista dos 100 melhores do mundo e candidatos ao prémio “The Best Chef” 2021. A revelação foi feita este domingo, dia 9 de maio e o também chef dos restaurantes DOP no Porto e do DOC, no Cais da Folgosa, à beira do Douro, junta-se agora a Ricardo Costa, do restaurante The Yeatman, vencedor de um Garfo de Platina na edição 2020 do guia Boa Cama Boa Mesa e duas estrelas Michelin, e a Henrique Sá Pessoa, do restaurante Alma, em Lisboa, Garfo de Ouro do Boa Cama Boa Mesa e duas estrelas Michelin.

Estes três chefs, nomeados este ano, para a lista de prémios “The Best Chef estreiam-se no restrito grupo onde já se encontra Hans Nuener, do algarvio Ocean, do Vila Vita Parc, também Garfo de Platina para o Boa Cama Boa Mesa em 2020 e duas estrelas Michelin que ficou no lugar 69 na edição passada, e a José Avillez, do restaurante Belcanto, Garfo de Ouro para o Boa Cama Boa Mesa e duas estrelas Michelin, que ocupou o lugar 70 na edição relativa a 2020. No último ano, o grande vencedor do "The Best Chef" foi René Redzepi do dinamarquês Noma, em Copenhaga.

Ao Boa Cama Boa Mesa, Rui Paula confessou “surpresa pela nomeação”, e assumiu uma grande satisfação “por ver o meu nome na lista dos melhores do mundo”. A última adição nacional à lista dos prémios “The Best Chef” aconteceu a 1 de abril, o que levou o chef da Casa de Chá da Boa Nova a pensar que podia não ser este ano que integraria a lista. Mas a notícia chegou e Rui Paula manifestou, além da satisfação por ver o seu nome junto dos melhores, “a importância e o reconhecimento que a gastronomia nacional tem conquistado no mundo”.

Nelson Garrido

Sobre a Casa de Chá da Boa Nova (Rua da Boa Nova, Leça da Palmeira. Tel. 229940066), na edição de 2020 do Guia Boa Cama Boa Mesa, onde foi, recorde-se, Chef do Ano e Garfo de Platina, pode ler-se que 2020 foi “o ano da consagração de Rui Paula como um dos maiores cozinheiros nacionais. A segunda estrela Michelin só surpreendeu os mais distraídos, uma vez que era óbvio o caminho que o chef vinha a percorrer, sabendo-se que nesta casa, monumento nacional, era inevitável que viesse a acontecer. Mas Rui Paula é muito mais do que um excelente cozinheiro. De forma inteligente, soube interpretar o local que lhe serve de palco, adaptar a carta de maneira que seja o prolongamento do mar, rodeou-se de uma equipa que o percebeu e trabalhou empenhada para conseguir este resultado. A carta tem 21 cantos, inspirados em Camões, sendo servidos em menus de seis, 12 ou 21 momentos, todos com o mar como ponto de partida. O éclair de mexilhão, que no menu regressa de forma surpreendente, a lula Chanel, uma obra-prima e já um clássico do chef, ou a sobremesa batizada de colheita tardia são só exemplos do que servir na perfeição. Rui Paula diz que o caminho agora é conseguir chegar à terceira estrela e quando tal acontecer ninguém pode dizer que o chef não avisou”.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!