Boa Mesa

A pesca, as histórias e a cozinha do mar no Festival Gastronomia de Bordo, em Peniche

A partir de 2 de outubro há histórias de gentes do mar e da sua comida tradicional para conhecer em Peniche, Ílhavo e Murtosa durante o Festival Gastronomia de Bordo.

O que têm em comum Peniche, Ílhavo e Murtosa? As três são localidades à beira-mar com grande história e tradição de pesca e de cozinha dos frutos do Atlântico. A partir deste fim de semana, estão ainda mais cúmplices, unidos por uma certa forma de viver o mar e cozinhar os seus produtos. A terceira edição do Festival Gastronomia de Bordo começa em Peniche, segue viagem para Ílhavo e, ruma, depois, à Murtosa.

E porque a mesa é terreno fértil para conhecer histórias, tradições e a cultura de um povo, vários pratos típicos vão integrar os menus de vários restaurantes de Peniche. Entre 2 e 25 de outubro, servem-se Alfaquique (peixe-galo) com açorda de ovas, Arroz de sardinhas, Sopa de peixe, Caldeirada à moda de Peniche, Cavala salgada à moda de Peniche, Filetes de peixe-porco com arroz de berbigão, Lagosta suada à moda de Peniche, Polvo suado, Quelmes secos grelhados com batatas a murro, Raia de molhinho, Sequinho, entre outros petiscos tradicionais.

Devido aos condicionalismos impostos pela pandemia de covid-19, esta 3ª edição do Festival Gastronomia de Bordo em Peniche adaptou-se às novas circunstâncias e fica circunscrito à experimentação dos pratos nos restaurantes Xakra Beach Bar, Entre Peniche Tapas, Bar Ambassador, Restaurante O Pedro - Peniche, Restaurante Sardinha, Tables, Prainha Restaurant, O Minhoto e Wine Bar, entre outros que “assumem o compromisso de garantir que as receitas e pratos correspondem à sua origem, amarrada às épocas e às técnicas de confeção tradicional”, assegura a organização em comunicado.

A gastronomia constitui um património cultural que importa preservar e potenciar e para as comunidades da pesca, assume um papel importante para o desenvolvimento económico e atratividade local”, pode ler-se no mesmo comunicado enviado pela organização do festival.

Os Municípios de Ílhavo, Murtosa e Peniche, integraram uma candidatura no âmbito da Programação Cultural em Rede que visa desenvolver um programa assente na valorização do património material e imaterial, através de iniciativas que incrementem o turismo cultural e contribuam para o aumento da competitividade regional.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!