Boa Mesa

Verão em Cascais: O culto do peixe e do marisco com o mar no horizonte

Cascais, vila rodeada de mar, tem nos peixes e mariscos as “joias” da cozinha local. As célebres Bruxas e o Polvo de Cascais são hoje referências inquestionáveis, mas há um mundo de sabores do mar para provar

Dora Troncão

Jornalista

As águas frias do Atlântico ditam as ementas dos restaurantes de Cascais, locais privilegiados para a degustação de peixes e mariscos. Percebes do Cabo da Roca, Navalheiras e Bruxas de Cascais são alguns dos petiscos imperdíveis, bem como as as famosas Bruxas. Consta que o nome se deve à feiura do crustáceo, uma vez que pelo sabor não foi certamente. Outros pratos obrigatórios são o peixe grelhado ou ao sal e o Polvo de Cascais.

Porto de Santa Maria, viveiro de mariscos
A vista total sobre o mar e a “Mariscada”, preparada com lavagante, lagosta, camarão de Moçambique, santola recheada, ostras, percebes, amêijoas à Bulhão Pato, são o duo irresistível do Porto Santa Maria. O restaurante, com mais de 70 anos, foi objeto de renovação, que trouxe leveza à decoração, sobretudo graças ao bar central, onde se provam petiscos durante a tarde. No piso inferior, encontram-se os “tesouros”, os viveiros de mariscos vivos, visitáveis, e que asseguram a maior frescura na degustação. Provam-se ainda o Robalo ao sal, ou ao pão, o Lavagante grelhado e o Misto de peixe com camarão e molho à Bulhão Pato (€49), incontornáveis da ementa. Prove a Salada russa de lavagante (€27). A cave de vinhos, organizada por regiões, abriga verdadeiras preciosidades.
Estrada do Guincho, Guincho Tel. 214879450

Mar do Inferno, a casa das Bruxas de Cascais
Neste restaurante na mítica Boca do Inferno, provam-se as Bruxas de Cascais, apanhadas por mariscadores experientes. Na extensa carta de mariscos do Mar do Inferno há também os percebes do Cabo da Roca, disponíveis em diversos tamanhos, as Navalheiras e a Sapateira. A carta de marisco é um “mar” de sugestões e inclui, por exemplo, carabineiros grelhados ou fritos, caranguejo real, lagosta, lavagante e lagostins grandes cozidos. A lista de peixe também é de percorrer e experimentar, com especialidades como a Cabeça de cherne ou de garoupa (€40/kg) e a Dourada e o Robalo ao sal ou no forno. Nas sugestões do dia encontra a Cataplana de peixe e gambas (€52).
Avenida Rei Humberto II de Itália, Cascais. Tel.214832218

O Pescador, peixe fresco no centro da vila
Desde 1964 que o peixe fresco da lota quase que salta diretamente para o prato deste restaurante. O Polvo de Cascais é um cartão de visita, seja na grelha com batata nova, assado à Pescador (€18,90), com batatas a murro, mas também o Arroz de Polvo malandrinho com camarão. O Pescador é morada aconselhada para saborear os Percebes da Roca e a Lagosta de Cascais. Para partilhar há, como entrada, as Conchas à Bulhão Pato (€19), um misto de ostras, mexilhões e amêijoas para duas pessoas, e ainda a Parrilhada de lagosta, gamba tigre e camarão e a Mariscada fria à Pescador com lagosta, para duas pessoas (€75). Fazem parte da decoração “barquinhos” miniatura e artes da pesca, juntamente com memórias de famosos que visitaram o restaurante.
Rua das Flores 10B, Cascais. Tel. 214832054

Beira Mar, um clássico de sempre
Funcionários uniformizados, sempre atentos e disponíveis, peixes e mariscos de alta qualidade, uma cozinha afinada, de base tradicional, e uma boa garrafeira são os pilares deste restaurante, uma instituição em Cascais. Aqui nasceu, há várias décadas, um dos pratos mais emblemáticos da vila: Filetes de pescada com arroz de berbigão (€20,50). A ementa do Beira Mar sugere peixes e mariscos, que podem ser escolhidos na vitrina à entrada, em várias confeções, mas também acompanha as épocas da caça e da lampreia. Aproveite a esplanada.
Rua das Flores, 6, Cascais. Tel. 214827380

Monte Mar Cascais, com os olhos no Atlântico
A localização é célebre, sobre as rochas, em cima do mar literalmente, com a esplanada a ser local obirgatório para um almoço prolongado. As especialidades também não ficam atrás em termos de fama, desde os Filetes de pescada com arroz de berbigão (€22,30) aos Supremos de garoupa Grenoblesa (€24,60), os Crepes de lagosta ou a as Vieiras à Monte Mar. Já os Peixes do Dia do Monte Mar, que podem ir desde o robalo aos pregados, passando pelos salmonetes, por exemplo, estão disponíveis nas versões à padeiro, grelhados ou ao sal. Cataplana à Guincho (€65), Misto do mar grelhado e Parrilhada são as Especialidades de Marisco sugeridas para duas pessoas.
Avenida Nossa Senhora do Cabo, 2845, Guincho. Tel. 916025305

Furnas do Guincho, uma esplanada única
Diversos peixes ao sal e no forno, Paelha de marisco, Caldeirada à Furnas (€44), Cataplanas de polvo com batata-doce e de Raia são algumas especialidades da casa. Na magnífica esplanada do restaurante Furnas do Guincho, o olhar perde-se no azul do oceano enquanto chega à mesa a frescura do mar com os melhores peixes frescos para grelhar e os mariscos, naturalmente as Bruxas de Cascais e os Percebes da Roca, mas também todo um rol de propostas nacionais que fazem parte da ementa do restaurante como o Lavagante e a Lagosta. A Santola recheada fria (€16) é obrigatória, nas entradas.
Avenida Nossa Senhora do Cabo, 1265, Guincho Tel. 214869243

O Polvo Vadio, elogio da tradição
Apenas o polvo descarregado na lota local recebe a etiqueta “Polvo de Cascais”, o que garante que a qualidade da espécie é verificada e certificada antes de ir para o mercado. Distingue-se por ser pescado de forma tradicional, resultando num produto de elevada qualidade, sendo a espécie mais capturada na zona. Precisamente no restaurante Polvo Vadio, o polvo tem estatuto de rei e senhor. Surge frito com maionese de alho (€9), como entrada, e, nos pratos principais é declinado de mil e uma maneiras, a saber: Polvinhos bêbedos (€14), à Lagareiro, em Migas, Arroz e Feijoada (€12).
Rua Afonso Sanches, 47, Cascais. Tel. 214830968

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!