Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Menu Trufa Branca: abriu a época no restaurante Varanda do Ritz

Já se sabe que, mal chegam as primeiras chuvas de outubro, o mundo gastronómico começa a sonhar com trufas. E se a humidade for abundante, melhores são estas túberas, consideradas como um dos melhores ingredientes da alta cozinha do mundo. Outubro e novembro são os meses em que as trufas tomam contas dos menus de vários restaurantes nacionais, e, no restaurante Varanda do Four Seasons Hotel Ritz Lisboa, o chefe Pascal Meynard volta a surpreender com o Menu Trufa Branca.



O palco para o desfile deste menu único, a luminosa sala do restaurante Varanda, confere às propostas de Pascal Meynard um ar ainda mais glamoroso. Requintada, torna-se no cenário ideal para, em especial se a chuva cair lá fora, para provar um menu que todos os anos é um acontecimento gastronómico na cidade de Lisboa. E se for provado com as harmonizações da sommelier Gabriela Marques, uma das mais competentes especialistas nacionais, tem tudo para ser uma refeição inesquecível.



Este ano, o Menu Trufa Branca começa com um espumante Luis Costa, com Chardonnay e Pinot-Noir, que antecede as “Vieiras salteadas, condimento de noz-pecã girolles e trufa branca”, harmonizadas com um Vicentino, Sauvignon Blanc 2018. Segue com “Tagiolinide de parmesão e trufa branca”, na companhia de um Chardonnay Reserva da Quinta do Lagar Novo, e continua com a “Vitela de leite confit, topinambur rora e trufa branca”, harmonizado com o Monte da Ravasqueira NA. O Menu termina com uma inusitada “Trufa com gelado de fava tonka, caramelo com flor de sal”, na companhia de um Cossart Gordon de 5 anos, Malmsey.



O Menu Trufa Branca do restaurante Varanda do Four Seasons Hotel Ritz Lisboa (Rua Rodrigo da Fonseca, 88, Lisboa. Tel. 213811400) está sujeito à disponibilidade dos fornecedores e custa €190 por pessoa. Na edição de 2019 do guia Boa Cama Boa Mesa salientava-se que “A sala imponente, cheia de detalhes luxuosos, recebe a cozinha delicada de Pascal Meynard, harmonizada com alguma irreverência pela sommelier Gabriela Marques. A melhor forma de conhecer as propostas gastronómicas é através dos dois menus de degustação, complementados por um terceiro, exclusivamente vegetariano. Produtos de excelência e a técnica do chefe levam à mesa preciosidades. Ao almoço há um buffet magnífico e ao fim de semana um brunch tentador”.



O Four Seasons Hotel Ritz Lisboa, um dos mais icónicos hotéis da cidade de Lisboa, foi ainda premiado, também na edição de 2019 do guia do Expresso com uma Chave de Platina, devido ao “atendimento cada vez mais personalizado, reforçado pelos serviços e pelas mordomias oferecidos nas várias áreas, desde novos tratamentos de Spa, espaço que impressiona pela beleza e grandeza e onde não falta uma piscina de 18 metros, até à estreia do conceito Ritz’s Secret Room by Sangue na Guelra, que promove jantares “absolutamente disruptivos” na suíte presidencial”. Até ao final do ano abre o novo projeto, que leva o nome de Cura, um restaurante cuja decoração está a cargo do famoso arquiteto Miguel Câncio Martins.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!