Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Mato à Vista: ensopados, estufados e feijoadas à mesa 

  • 333

Rui Gregorio

Por estes dias, suspira-se pelo Algarve. A areia branca, as falésias douradas e o azul do mar fazem sair de casa à primeira oportunidade. E se a costa é apelativa, o entusiasmo não diminui no interior. A água dá lugar ao mato, ao calor da terra e espaços como o Mato à Vista. Este restaurante insere-se num Algarve de outra frequência, onde prevalece o conforto da comida tradicional.



No verão é a esplanada arborizada a área mais concorrida. Há ainda a sala de refeições interior, bar e uma garrafeira com mais de 600 referências de todas as regiões. Só servem vinhos portugueses, excetuando os champanhes. E o staff, com muitos anos de casa, dá segurança ao serviço. Há quase três anos na cozinha, o chefe Luís Santos contribui para essa estabilidade.

O Mato à Vista abriu em 1982, por iniciativa dos pais dos atuais gerentes, Tiago Cordeiro e Sónia Cordeiro. “O meu pai queria dar suporte aos caçadores que frequentavam a zona, que não tinham onde almoçar e jantar”, recorda Tiago Cordeiro ao Boa Cama Boa Mesa. A caça esteve sempre na base da gastronomia, embora as ementas se tenham atualizado com peixe fresco e outras propostas, ao longo dos anos.


Nas entradas, nota para os filetes de sardinha com amêndoa crocante (€8), os sonhos de alheira de caça (€7), ovos mexidos com espargos e alheira (€8), anchovas avinagradas e o queijo de cabra gratinado com mel. Haverá sempre a tábua de queijos e enchidos regionais e a salada de polvo para os indecisos. E os mariscos para os que não conseguem, simplesmente, resistir: conquilhas, amêijoas, lingueirão ou berbigão à Bulhão Pato, camarão frito com alhinho, carabineiros e camarão Tigre grelhados.

Nos pratos principais, o destaque vai para os saborosos ensopados de javali (€17) ou de borrego (€18), o galo do campo estufado (€15) e a feijoada de búzios (€16). Igualmente seguras são as apostas no polvo à Lagareiro, nos lombinhos de porco fritos, terminados com figos, laranja e amêndoa (€17), e no carré de borrego com ervas aromáticas – um sucesso entre os ingleses. Por estas paragens, fazem ainda sentido o “muy algarvio” xerém (papas de milho) e o bife de atum à algarvia. Por encomenda, sugestões especiais como o desejável galo de cabidela, o peixe ao sal, massada de corvina e borrego servido dentro da abóbora!


As sobremesas são uma felicidade... E bem à imagem da zona! Escolha entra o Dom Rodrigo, a delícia de figo, o Morgado Serrano, torta de laranja, tartes de amêndoa ou de alfarroba, carrasquinhas, pudim de ovos ou o misto algarvio. Alguns destes doces fazem pairing com gelados tradicionais. O restaurante Mato à Vista (Cabanita, Paderne, Albufeira. Tel. 289367101) encerra à segunda-feira.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!