Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Guia Michelin não aceita devolução de estrela do restaurante Henrique Leis

  • 333

O guia Michelin não aceita a renuncia pedida pelo chefe do restaurante Henrique Leis à estrela que ostenta desde o ano 2000. Os responsáveis pela edição do guia para Portugal e Espanha acusam a receção da carta do proprietário e chefe do restaurante Henrique Leis, mas garantem que não vão aceder ao pedido feito pelo chefe e proprietário. Ángel Prado, diretor de relações exteriores do Guia Michelin, afirmou ao Boa Cama Boa Mesa que “faz parte das regras do guia não poder renunciar à estrela” e que os critérios da atribuição não passam “pela vontade dos chefes, mas pelas avaliações feitas anualmente pelos inspetores” do guia.



Em conversa com o Boa Cama Boa Mesa, Ángel Prado recorda que o guia “é feito para os leitores que confiam nos critérios dos inspetores e não para os chefes ou para os restaurantes”. Avisa também que o “reconhecimento de cada um dos premiados é feito a cada ano”, e que “é o guia Michelin quem escolhe os locais que visita”. Tal critério, continua, faz com que os clientes “escolham os restaurantes onde vão, por acreditarem nas avaliações dos inspetores”. O fenómeno de renunciar às estrelas Michelin não é novo, se bem que o caso de Henrique Leis seja o primeiro em Portugal. Ángel Pardo diz ser “frequente que surjam pedidos de renuncia, em especial quando os restaurantes são despromovidos”, quer de três estrelas para duas, ou mesmo quando perdem a distinção.



O diretor de relações exteriores do Guia Michelin não comenta o pedido concreto de Henrique Leis. Ángel Prado apenas diz que a carta chegou aos escritórios em Madrid. A continuidade do restaurante Henrique Leis no guia para 2020, ou a saída da lista dos 26 restaurantes que atualmente são distinguidos pelo guia Michelin só será confirmada em novembro. A edição de 2020 do Guia Michelin Espanha e Portugal será em Sevilha, a 20 de novembro, e coincide com o 110.º aniversário do guia. Em 2019 a cerimónia foi pela primeira vez em Portugal, no Pavilhão Carlos Lopes em Lisboa.



O chefe Henrique Leis, proprietário e chefe no restaurante Henrique Leis em Almancil, anunciou sexta-feira, dia 19 de julho, que renunciou à estrela Michelin. Natural do Maranhão, no Brasil, mas a viver em Portugal há 25 anos, Henrique Leis confirmou que enviou uma carta à delegação de Madrid do guia onde pede “à equipa do Guia Michelin a permissão para a entrega da Estrela Michelin a partir do ano 2020”. A carta foi enviada no dia 12 de junho e nela, Henrique Leis diz ter sido “com grande honra e prestigio que durante 19 anos eu e a minha equipa fizemos parte deste guia, no entanto, gostaríamos a prestar o mesmo serviço mas sem a pressão da manutenção da estrela”.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!