Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Festival quer transformar Porto Santo na "Capital Mundial do Atum"

  • 333

Falta pouco para que a ilha de Porto Santo, no arquipélago da Madeira, volte a ser a “Capital do Atum”. Entre os dias 4 e 9 de junho, a ilha é palco da II edição do “Festival Rota do Atum”, onde este peixe será a estrela gastronómica de Porto Santo. Nesta edição de 2109, além de diversas iniciativas lúdicas, viajam até à ilha alguns dos maiores especialistas em atum da região, bem como prestigiados chefes nacionais e internacionais, que vão confecionar vários pratos onde o famoso peixe é rei e senhor absoluto.



Este ano o Festival Rota do Atum conta com chefes de três países convidados, o Japão, as Filipinas e a Austrália, além dos profissionais de Portugal, Espanha, Itália e França, que participaram na edição anterior. Paralelamente vai decorrer a iniciativa “O Atum é a Estrela”, um concurso gastronómico que irá premiar a criatividade e o tempero dos concorrentes. As inscrições estão limitadas aos profissionais de cozinha com restaurantes em Porto Santo, e irá escolher os três melhores cozinheiros. Além da categoria “Profissionais”, este ano haverá também a categoria “Restaurante”.

Vão participar no “Festival Rota do Atum” 15 restaurantes de Porto Santo, bem como várias unidades hoteleiras da ilha, estando previstas exibições de cozinheiros ao longo dos dias do festival. O chefe José Cordeiro é o embaixador desta edição. Participam ainda António Vieira, do restaurante Wish, no Porto e Manuel Santos, chefe do Hotel Vila Baleira. Marcam ainda presença o chefe Shinya Koike, dos restaurantes “Shin Koike” e “Izakaya Roman” na Barra da Tijuca (Rio de Janeiro). Hirotoshi Ogawa, um dos seis embaixadores da culinária japonesa no mundo e conhecido no Japão como o artesão do sushi também marca presença, bem como o italiano Carmine Basile, radicado em Portugal e responsável pelo restaurante D’Oliva, pertencente ao grupo Al Forno.



O finalista do Masterchef Austrália em 2018, Ben Borsht, é outra das estrelas convidadas do “Festival Rota do Atum” em Porto Santo. Marca lugar ao lado de José António Goye, proprietário e chefe do Restaurante Casa Rufino, em Huelva e de Yves Gautier, francês de naturalidade, mas madeirense por adoção e responsável pelo primeiro restaurante em Portugal a ter certificação de Restauração Biológica – nível Bronze (30% a 60% orgânico).

O “Festival Rota do Atum” é promovido pela unidade hoteleira Vila Baleira Resort e tem como objetivo principal dar a conhecer a importância do atum na economia, não só da ilha de Porto Santo, como do próprio continente. Contas feitas, a ilha quer transformar-se na "Capital Mundial do Atum"!

O evento conta com o apoio da Secretaria Regional de Agricultura e Pescas, da Secretaria Regional de Turismo e Cultura da Madeira e, ainda, da Associação de Promoção da Madeira. A Região Autónoma da Madeira é, a nível nacional, responsável por mais de 60% da quota total da pesca do atum, sendo que as águas atlânticas ao largo da ilha do Porto Santo fazem parte da rota dos cardumes que percorrem os oceanos.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!