Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Stars, Food & Wine: constelação no Vistas e a ascenção de Rui Silvestre

Adriaan Van Looy

Pode bem ser o início de um capítulo (muito) feliz do chefe Rui Silvestre no Vistas, restaurante de fine-dining do Monte Rei Golf & Country Club. De 14 a 17 de julho, assume o papel de anfitrião do Stars, Food & Wine, o primeiro evento gastronómico de topo no Sotavento algarvio. Dez chefes de nomeada, nacionais e estrangeiros, representam em conjunto 14 estrelas Michelin e reúnem-se em Vila Nova de Cacela para mostrar como se cozinha a “olhar para o céu”.



Além de Rui Silvestre, participam Thomas Bühner (Osnabrück, três estrelas), Christophe Hardiquest (BonBon, Bruxelas, duas estrelas), Joe Barza (Za’atar), Henrique Sá Pessoa (Alma, duas estrelas), Ricardo Costa (The Yeatman, duas estrelas), Rui Paula (Casa de Chá da Boa Nova, uma estrela), Vitor Sobral (Tasca da Esquina), Edwin Vinke (De Kromme Watergang, duas estrelas) e Herve Deville (Momo|Sketch, duas estrelas). Os três primeiros jantares (cinco pratos, €195/pessoa, com vinhos) decorrem no terraço do Vistas. O último (€170/pessoa, com vinhos), mais informal, toma conta dos jardins do clubhouse, em registo show cooking, e terá participação de quase todos os chefes.

O Stars, Food & Wine não será apenas uma oportunidade para saborear a mais fina alta cozinha, mas também para conhecer o magnífico trabalho que Rui Silvestre desenvolve no Vistas há quase um ano, já que estará em todos os jantares. Com uma cozinha cada vez mais consistente, surpreendente e desafiante, antevêem-se distinções em breve, incluindo a desejada estrela no Vistas. Foi sempre
esse o objetivo e o diretor-geral do resort, Salvador Lucena, não duvida que Rui Silvestreestará à
altura
”.



O tempo dirá, mas não seria uma estreia de Rui Silvestre entre a “nata” da Michelin. Em 2015 foi o mais jovem chefe nacional a conquistar uma estrela, pelo Bon Bon, também no Algarve. A criatividade recomenda-se e a equipa de sala, exímia na execução, segura no conhecimento e de simpatia cativante, dá confiança para sonhar. Menção para o chefe de sala, Sérgio Madeira, e o sommelier Nuno Pires, que “polvilha” as refeições de carisma e sensibilidade, desencantando pares vínicos fora de série.


No Vistas, a experiência consegue ser emocionante e elevada sem beliscar a descontração. Começa-se a “viajar” logo nos snacks do menu Mergulho no Mar: da almofada crocante recheada com salada algarvia e sardinha braseada até ao “asiático” sashimi de Peixe-Galo com sapateira e kumbawa, ao “latino” taco de Gamba da costa ligeiramente picante, e ao Lingueirão de casca comestível, recheado com crème fraîche, lingueirão e kumbawa.
O Toro de atum combina a proteína em diferentes texturas com a frescura da ostra e da esferificação de yuzu e maçã verde, e o contraste da semente de abóbora torrada. Interessante como a nobreza do Lavagante azul com caviar oscieta harmoniza com a raridade da casta Jampal, presente no “Dona Fátima”, um vinho da Manzwine. A garrafeira contém perto de 400 referências nacionais, além do champanhe.
Do exotismo da tapioca e gengibre, “brincando” com o Carabineiro e o arroz trufado, chega-se à
portugalidade da Pescada: serve com um maravilhoso caldo de caldeirada e um crocante de pimentão fumado, em forma de espinha. Depois, o clássico Salmonete com lagostim, ravioli de lula e uma gulosa quenelle de cebola caramelizada! E o gozo de molhar o pão de centeio e limão no jus... Na sequência final, notas maiores para os Citrinos do Algarve e, sobretudo, a Manga, ligando de forma inesperada ao “calor” do caril e intensidade da malagueta, e suavizando com a doçura da telha de chocolate branco...



Ainda sobre o Stars, Food & Wine, não haverá mesas individuais, somente de seis ou oito lugares, para partilhar experiências. Há pacotes (com jantar incluído) para quem quiser ficar no resort no mínimo duas noites. Reservas diretamente com o hotel através do email: reservas@monterei.com e telefone 281950950.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!