Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Bistronome: a Bistronomia chega à Figueira da Foz

  • 333

Luis Brandao

Durante muito tempo, com bastante naturalidade, a restauração da Figueira da Foz cingia-se à oferta de peixe e marisco, com quase todos os restaurantes a servirem as mesmas propostas, pensadas para quem procurava o extenso areal para ir a banhos. Nos últimos anos, o paradigma mudou e hoje, já se encontram na cidade meia dúzia de espaços diferentes que fogem do obvio e vão muito além do marisco ao natural e do peixe grelhado.

O mais recente exemplo desta mudança positiva chama-se Bistronome, abriu recentemente e leva à Figueira da Foz o conceito dos famosos bistrô parisienses, com cozinha contemporânea e até arrojada, capaz de surpreender qualquer gastrónomo. O restaurante é o realizar de um sonho do casal Bruno e Maria João que, depois de outras andanças, decidiram agora levar este conceito inovador àquela que é conhecida como a esplanada da “praia da claridade”.



Para assinar as propostas da carta foi convidado o chefe Carlos Santiago, que apesar da tenra idade se assume como um cozinheiro que sabe o rumo que quer tomar, e que passou por cozinhas como a do 100 Maneiras, ou do Nuance, com 2 estrelas Michelin na Bélgica. Para a carta de vinhos o Bistronome apoiou-se em António Lopes, um dos mais respeitados e competentes sommeliers do país, com provas dadas na restauração nacional, com passagem pelo Conrad Algarve e pelo Anantara em Vilamoura e que compôs uma carta de vinho curta mas cheia de propostas “fora da caixa”, escolhidas para harmonizarem na perfeição com a ementa.



Para começar, no restaurante Bistronome, as propostas passam por “Codorniz Assada, Creme de Gema de Ovo, Tare e Relish de Uva” (€6), “Abóbora Assada, Pêra, Bulgur, Pickle de Funcho e Nozes Caramelizadas” (€6), por “Salada de Ananás Grelhado Toranja, Dióspiro, Flocos de Côco e Creme Tahini” (€7) e por “Ceviche de Peixe Espada Preto, Leche de Tigre, Batata Doce, Amendoins e Pickle de Cebola Roxa” (€9). Há também “Camarão Grelhado, Creme de Abacate, Tomate, Óleo de Caril e Avelã” (€8) e “Choco a Baixa Temperatura Raíz de Aipo, Puré de Limão e Gema de Ovo Curada” (€9),

As propostas de pratos principais do Bistronome começam com “Gnudi”, com Nabos, Gema de Ovo, Molho de Cogumelos e Pesto de Pistácio (€14), “Bacalhau” que o apresenta frito, com Molho de Beringela e Rábano, Aligot e Furikake (€15), “Polvo”, assado com batatas, vinagrete de alho negro, borani e soro de leite(€19) e ainda por “Pescada”, grelhada com feijão, puré de manjericão, acelgas e vinagrete de rábano (€16). O “Pato” é um peito de patos com raiz de aipo, pera assada e alho francês (€17). Terminam as propostas o “Porco Preto”, um cachaço de porco preto com puré de maçã e couve coração assada (€16) e a “Vitela”, sendo aqui servidas as bochechas de vitela estufadas com cenouras assadas, endívias e pickles (€19).



A carta de sobremesas do restaurante Bistronome apresenta “Granita de Maçã”, com maçã verde, creme de iogurte, gelado de pistácio e azeite (€6), “Citronela”, um creme de citronela com gelado de amêndoa, ameixas, merengue de iogurte e leitelho (€5), “Gelado da Pérsia”, um gelado de leite com compota de cenoura iraniana, gengibre e brioche (€5). Há ainda “Shiawase”, um gelado de Kombu, com creme de arroz, caramelo salgado e crocante de arroz (€4).



O restaurante Bistronome é uma lufada de ar fresco na restauração da Figueira da Foz. A localização privilegiada (Esplanada António Silva Guimarães, 9, Figueira da Foz. Tel. 233 096 517) e a esplanada que irá servir tapas e petiscos para partilhar, aliado à cozinha e à carta de vinhos, fazem deste um restaurante a não perder na praia da Figueira da Foz.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!