Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Clube de Caçadores: “um tiro” em cheio na gastronomia regional!

  • 333

O espaço, quase escondido no meio de um pinhal, torna-se discreto mesmo a quem passa na movimentada estrada que liga Viseu a Lamego. Fica mesmo ao lado do Aeródromo de Viseu, não sendo, por isso, de estranhar que pela sala muitos pilotos se deixem tentar pelas receitas tradicionais e pela comida de conforto que sai da cozinha. O restaurante Clube de Caçadores começou por ser um espaço apenas de quem gostava de caça, hoje cabe lá toda a gente, à procura de boa comida.



Nestes dias mais frios, é impossível não notar na enorme lareira que aquece a sala e à volta da qual se arrumam as mesas. Decorado de forma clássica, usa com naturalidade objetos ligados à caça e aos caçadores para decorar o resto da sala, transformando-a num local confortável, luminoso e agradável. Mas, aqui, vai-se pela comida, com muita gente a viajar quilómetros para provar as especialidades da casa. Não é por acaso que os voos executivos no aeródromo estão a aumentar, refletindo-se isso na sala do restaurante. Já agora, sabe-se também que o vizinho aeródromo é porta de entrada em Portugal para aviões estrangeiros de ricos, empresários e jogadores de futebol, e que alguns já não passam sem, pelo menos, uma refeição neste clube.

No Clube de Caçadores começa-se a refeição com algumas entradas na companhia de pão regional. Há petingas, chouriço e farinheira tostados, e uma delicioso redenho acompanhado de morcela da Beira, ambos fritos, e ainda a alheira de caça. Segue-se com as sopas bem quentes, que podem ser à camponesa, de castanhas ou uma canja de perdiz. Em terra de carnes, há algum peixe fresco, como o linguado, o salmão e as trutas grelhadas, e, claro, não podia faltar o polvo à lagareiro ou frito com arroz de feijão e claro, o bacalhau.



No Clube de Caçadores o “Fiel Amigo” pode ser provado com natas, à Brás, podre ou à lagareiro, com batata a murro e muito azeite. De forma mais regional, é imperdível a Vitela na púcara de barro ou à lagareiro, o generoso bife à caçador, o coelho frito com batata a murro, e a perna de porco assada em forno de lenha. Por estas terras frias é impossível não ligar ao cabrito no churrasco, ao entrecosto na brasa com arroz de feijão ou à cabidela de galo, apenas para verdadeiros apreciadores.



Antes de terminar, aprecie com atenção as paredes e os troféus de caça do Cube dos Caçadores e termine a refeição com Migas da governanta, Bolo de amêndoa com chila, Requeijão com doce de abóbora ou com uma Encharcada. Mas não deixe de ver bem a carta, antes de pedir. É que há sempre pratos do dia, criados ao sabor dos mercados e das estações, todos de inspiração regional e feitos segundo receitas antigas. Cada refeição tem um preço médio de €30.

O Restaurante Clube De Caçadores (Muna, Bigas, Viseu. Tel. 232 450 401), não encerra. Ao fim de semana recomenda-se reserva antecipada.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!