Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Castas e Pratos: 10 anos a enaltecer o Douro

  • 333

Picasa

Trauteando na memória a canção, “10 ano é (mesmo) muito tempo”. Seja na vida das pessoas, seja na vida de um restaurante, onde os dias passam (parece) mais depressa. Como que a provar esta letra da canção, o restaurante Castas e Pratos faz esta semana faz 10 anos de portas abertas, em pleno coração do Douro, e sabe muito bem o quanto uma década custa a passar.



Foram, estes dez anos do restaurante Castas e Pratos, anos de desafios, e acima de tudo, de conquistas. Espaço multifacetado, pretendia, e conseguiu, promover os produtos nacionais e, acima de tudo, os Vinhos do Douro. O primeiro passo foi encontrar um local também com história e a seguir, construir o conceito e, depois das obras, abrir as portas ao público. Encontraram num antigo armazém junto à estação dos comboios o local perfeito. O Douro quase à porta ajudou na escolha. E a homenagem ao espaço encontrado foi até mais longe: o nome, Castas e Pratos, abreviado lia-se CP, afinal de contas, outra homenagem aos carris e à estação que ficam mesmo ao lado.



Mas o maior símbolo do restaurante Castas e Pratos será, porventura, a completa garrafeira que ocupa todo o andar térreo, complemento perfeito da sala de refeições que fica no andar de cima. Repleta de garrafas que simbolizam a região, podem ser partilhadas com uns petiscos, ou levadas para casa como recordação ou companhia. Ou, de forma mais simples, acompanhar a refeição no primeiro andar. Lá em cima, sob a batuta do chefe Tiago Moutinho, presta-se também homenagem à região dentro do prato.

Sugere-se, no Castas e Pratos, que se comece com uma “Terrine de foie gras com Vinho do Porto, maçã e caramelo seco” (€11,80), ou com o “Ovo escalfado com molho de mourilhas e foie gras” (€8,40). Siga pelo “Bacalhau em crosta de amêndoa e presunto sobre brandade de camarão” (€20,60), ou pelo “Robalo, cremoso de brócolos, amêijoas, legumes baby, molho de alho negro e carabineiro” (€43), prato vencedor do concurso “Melhor Sabor de Portugal 2017’’. Siga pelo “Cabrito estufado em vinho do porto com esmagado de favas e alheira de caça” (€22,40) e pela “Posta de Vitela com batata grelhada e grelos salteados” (€22,20). Termine com um “Vulcão de abóbora com gelado de queijo” (€7,70).

O restaurante Castas e Pratos (Rua José Vasques Osório , Peso da Régua. Tel. 254 323 290) não encerra e, com a vitalidade que demonstra, mostra estar preparado para enfrentar, tranquilamente mais uma década, como símbolo da restauração da região do Douro.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!