Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Ópera e sabores italianos em jantar encenado em Vila Real

  • 333

Casa de Mateus

Divulgação

Pode dizer-se que esta é uma iniciativa a dois tempos, ou, se preferir, em dois atos. Pode até mesmo dizer-se que este é um evento que decorre em dois locais completamente diferentes, a horas distintas, mas que se complementam, criando uma experiência única na cidade de Vila Real.

A ideia é cruzar ambientes e experiências e nasce da ambição da Casa de Mateus e do restaurante Cais da Villa em proporcionarem uma noite diferente. Dia 28 de setembro, sexta-feira, está marcado encontro, pelas 19h30, no restaurante Cais da Villa onde começa um jantar de sabores italianos, no cosmopolita restaurante instalado no antigo armazém ferroviário da estação de Vila Real. Verdadeiramente, a refeição apenas termina por volta das 21h30, mas já no cenário barroco da Casa de Mateus, com a estreia absoluta da nova Orquestra Barroca de Mateus.

A primeira parte conta, à mesa, com as propostas do chefe Daniel Gomes, no Cais da Villa, e que começam com uma “Sinfonia de cogumelos ao ravioli com crema tartufata nera”. Seguem-se um “Dueto de vieiras com risotto à milanesa” e “Saltimbocca maronesa com gnocchi e molho à maestro” como pratos principais e “Pannacotta Disaronno” à sobremesa. Acompanham com harmonia os vinhos da Lavradores de Feitoria e, para finalizar, um vinho do Porto Quinta da Costa das Aguaneiras Vintage 2016, produzido pela própria Casa de Mateus.

Na Casa de Mateus o espetáculo continua, com a apresentação da nova Orquestra Barroca de Mateus, dirigida por Ricardo Bernardes. O concerto é encenado por Mario Pontiggia e apresenta um notável repertório de árias da época, com interpretação pela virtuosa mezzo-soprano americana Vivica Genaux e pelo barítono galego Borja Quiza. Em palco estará o espetáculo “Setaro, Construtor de Utopias” que conta a história de Nicola Setaro, cantor e empresário italiano que, no séc. XVIII, difundiu o espetáculo de ópera na Península Ibérica, assinalando-se com este concerto os 250 anos das Óperas da Coruña e de São Paulo, esta edificada por iniciativa de D. Luís António, 4º Morgado de Mateus.

No centro do palco estará a mezzo-soprano Vivica Genaux, natural do Alasca, e uma das maiores intérpretes de repertório barroco e de bel canto. É reconhecida não apenas pelas proezas vocais e pelo surpreendente virtuosismo, mas também pela interpretação vivida das suas personagens. Recebeu em 2017 o Prémio Händel, atribuído pela cidade de Halle (Alemanha). Borja Quiza, que assumirá o papel de Nicola Setaro, acumula um repertório vasto e converteu-se, apesar da sua juventude, numa das figuras emergentes da lírica internacional. Em estreia neste concerto, a Orquestra Barroca de Mateus tem direção artística e musical do maestro e musicólogo Ricardo Bernardes, sendo formada por alguns dos melhores músicos atuantes em Portugal e Espanha, especializados na interpretação histórica e com instrumentos de época.

O jantar e concerto custa €70 e tem lugares limitados. Aconselha-se reserva (Tel. 936 825 649) ou por e-mail.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!