Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Menu Taylor’s: A nova aventura do vinho do Porto à mesa do Barão Fladgate

  • 333

www.antoniochaves.com

Interpretar o perfil de um vinho do Porto num prato de comida: o desafio é superado à mesa do Barão Fladgate, numa conjugação improvável mas feliz entre vinhos do Porto emblemáticos da Taylor’s e sabores requintados com base em ingredientes do Douro.

Quando abriu portas, em 1989, depois de ter sido construído de propósito para acolher a festa de casamento do atual CEO da The Fladgate Partnership, Adrian Bridge, com Natasha, da família Taylor’s, o Barão Fladgate era uma imponente novidade no mundo da restauração, ligado ao clássico vinho do Porto.

Hoje, na cidade e no setor dos vinhos, tudo muda rapidamente, e nascem renovadas abordagens aos vinhos e à gastronomia que quebram dogmas e simplificam o ato de apreciar uma boa refeição, na companhia de um vinho emblemático.

Descontextualizar os hábitos enraizados em relação ao vinho do Porto é precisamente o objetivo do novo menu Taylor’s que revela outras facetas do vinho, mostrando a sua versatilidade.

Renovar as tradições

Diz a tradição que o vinho do Porto se bebe à sobremesa, e em dias de festa. Porque a tradição (há muito) já não é o que era, no restaurante Barão Fladgate pode conhecer novas facetas deste vinho tão português e a sua versatilidade à mesa.

Pensado ao detalhe, o menu, desenhado em parceria com a Diretora de Vinhos das unidades de turismo do grupo, Beatriz Machado, serve-se de vinhos emblemáticos da Taylor’s para equilibrar com os pratos preparados pelo chefe Ricardo Cardoso, baseados também em ingredientes tipicamente durienses, de forma equilibrada, sem se sobrepor.


Depois das boas-vindas, o primeiro ato inspira-se nos sabores outonais: Servido na companhia de um aperitivo fresco, ideal para abrir o palato, o Taylor’s Chip Dry tónico casa com Vieira sobre pera rocha cremosa, abóbora assada, laranja, mini acelga, amêndoa do Douro tostada e molho de caril. O prato é guarnecido com rúcula.

Foi nesta casa que se começaram a produzir Late Bottled Vintage (LBV), vinhos que, ao contrário dos Vintage convencionais, são engarrafados mais tarde, permanecendo em madeira entre quatro a seis anos. Por isso mesmo, este é um emblema da empresa, e o Taylor’s Late Bottled Vintage 2013, um dos seus ícones. O néctar liga com Vitelão Maronês com batata-doce roxa, lapela de pimenta rosa, cebolinhas em vinho do Porto, cenoura baby sobre ervilha trufada e cogumelos.

Em seguida, os mais resistentes podem acrescentar um suplemento de queijo - com queijos nacionais da Serra, Nisa, Ilha e ainda um Stilton, que convida saborear tranquilamente na companhia do Quinta de Vargellas Vintage 2005, um vinho produzido com as melhores uvas de uma das quintas mais emblemáticas da Taylor’s.

A sobremesa conjuga perfeitamente o Taylor’s Tawny 10 Anos com um Crème brûlée de caramelo sobre crumble de frutos secos, pipocas caramelizadas e groselhas, acompanhado com um gelado de framboesa.


Uma abordagem descomplicada e despretensiosa que pode ser apreciada tanto ao almoço como ao jantar, por €48 (mais €18 para elevar a experiência acrescentando os queijos e substituindo o LBV por um Vintage Single Quinta).

O Barão Fladgate (Rua do Choupelo, 250, Vila Nova de Gaia. Tel. 223772951) é o emblemático restaurante das Caves Taylors, que, desde 1994, goza de uma privilegiada vista sobre o Douro, as caves e o Porto.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!