Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Quando o leitão da Bairrada invade o Clube do Bacalhau

  • 333

O restaurante Mugasa abriu há 40 anos na aldeia de Fogueira, em Anadia, pelas mãos da família Nogueira. Na altura era um simples café. Com muito trabalho e amor rapidamente se tornou num restaurante de referência na região, sendo hoje unanimemente considerado um dos melhores (senão o melhor) da região.
A boa notícia é que o Mugasa está de malas e temperos aviados a caminho do Clube do Bacalhau, em Lisboa, para mais uma edição das Mesas Bohemias, uma partilha de experiências gastronómicas que pretende levar os restaurantes mais icónicos do interior de Portugal à capital e ao Porto, sempre com a cerveja como elemento de união entre os pratos.

Assim, a partir de hoje, quinta-feira, e até dia 24 de setembro, o Mugasa toma de assalto a cozinha do Clube do Bacalhau para servir um menu de degustação com três ds seus pratos mais icónicos à base de leitão, harmonizados com cerveja Bohemia.

Com um preço fixo de €30, o festim começa com Iscas de Cabidela à Bairrada, que tradicionalmente não são cozinhadas com sangue, apenas deixadas a assar debaixo do leitão para irem absorvendo os sucos que escorrem da confeção. De seguida, a clássica Chanfana à Bairrada, para terminar na estrela do cardápio, o famoso Leitão assado à Bairrada que, diz quem sabe, “é o melhor leitão do mundo”. Somos suspeitos, até porque nos pelamos por uma sandes ou um rissol, mas aconselhamos os apreciadores deste pitéu com selo da Bairrada a arranjarem espaço para esta barrigada de leitão.

O menu inclui sobremesa, café e as três cervejas que harmonizam com os pratos.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!