Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Rui Martins, do RIB Beef & Wine, conquista título de Chefe Cozinheiro do Ano 2016

  • 333

Rui Martins

CCA - Concurso Chefe Cozinheiro do Ano

Aos 38 anos, Rui Martins conquista o prémio de Chefe Cozinheiro do Ano 2016. A grande final do maior concurso nacional de cozinha para profissionais – este ano na sua vigésima sétima edição – decorreu este domingo, na FIL, organizada pelas Edições do Gosto e pela revista INTER, e no âmbito da Feira Portugal Agro.

Esta foi uma verdadeira semana de sonho para Rui Martins que, na passada quarta-feira, celebrou o primeiro aniversário do restaurante que lidera, o RIB Beef & Wine, instalado no hotel Pestana Vintage Porto.

“Sou ativo, enérgico e entusiasta. Olho para o futuro sempre com muito otimismo. Impulsivo para a vida, sou um guerreiro, um guia, um chefe. Entusiasmo-me perante as adversidades: sou persistente logo pouco receoso face aos riscos ou obstáculos que poderiam reter o meu caminho. Continuo a trabalhar arduamente com o objetivo de evoluir, crescer e tentar fazer mais e cada vez melhor, criando uma experiência gastronómica cada vez mais interessante para o cliente”, assim se definiu Rui Martins, no site oficial do Concurso Chefe Cozinheiro do Ano (CCA). Sobre o seu trabalho, o chefe do RIB Beef & Wine, explica: “A minha cozinha é inspirada nas diversas regiões do nosso país e em viagens que faço, conjugado com a utilização de diversas técnicas. É uma cozinha de contrastes, de várias influências com um rumo bastante definido para alcançar a satisfação do cliente. Posso caracterizá-la por apresentar sabor forte, com caráter próprio e muito gerada a partir dos vários produtos que utilizo.”

Confessando que o seu prato favorito é Arroz de Cabidela, Rui Martins levou à final do concurso, que lhe deu a vitória, o seguinte menu: Carapau, açorda e gaspacho, Bacalhau salgado seco da Noruega com todos (a terra e o mar), Jardineira de vitela D.O.P. e O Ananás, coco e lima.

O júri do concurso foi composto pelos chefes Nuno Mendes, Nuno Diniz, António Bóia, André Magalhães, Orlando Esteves e Alexandre Silva. Na final estiveram também Filipe Leonor (neste momento a fazer desenvolvimento em sous vide como food scientist para a empresa Mellow), Mauro Silva, do Restaurante Casa de Chá da Boa Nova, em Leça da Palmeira, Hugo Castro, do Restaurante Tabik, Nuno Fernandes (3.º Classificado), do Restaurante O Talho, e Vítor Adão (2.º Classificado), do Bistro 100 Maneiras, todos localizados em Lisboa.

Recorde-se que, em 2015, o grande vencedor do Concurso Chefe Cozinheiro do Ano foi João Viegas, do restaurante São Gabriel, no Algarve.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!