Boa Cama

No alto da falésia, antigos palheiros transformam-se em hotel de luxo com piscinas privadas

Escarpa – The Madeira Hideaway
Ricardo Faria Paulino

O alemão Schahin Dedjbachsch transformou antigos palheiros em 13 unidades de alojamento luxuosas, mas de linhas simples, empoleiradas numa falésia da Ponta do Sol, ilha da Madeira. O Escarpa – The Madeira Hideaway é um “escape” só para adultos

Atravessamos um túnel com pedra em bruto, subimos uma pequena elevação e estacionamos no Caminho dos Anjos. Vencido um acesso mais inclinado, já a pé, chega-se a um círculo de bananeiras que anuncia o Escarpa – The Madeira Hideaway. Como o nome indica, é um refúgio bem a leste da confusão e de existência discreta.

Escarpa – The Madeira Hideaway
Ricardo Faria Paulino

Este alojamento local ainda é pouco conhecido na ilha, mas a ideia também passa por aí, afastar-se do turismo de massas e assim garantir a tranquilidade da experiência. Por norma, durante o check-in, serve-se um vinho Madeira e uma bolo de mel e é nessa sala que costuma servir o pequeno-almoço onde constam panquecas, iogurte e granola, fruta, sumo de laranja natural e uma variedade de pães, queijos e charcutaria. Neste espaço, que pode funcionar até como zona de trabalho, também há um honesty bar à disposição.

No exterior aparece a piscina principal infinita e de uso comum, confundindo o seu azul com o mar e o céu. Tem jacuzzi integrado e o apoio das espreguiçadeiras para ficar a apanhar sol. Recorde-se que este é considerado o concelho onde o sol brilha o maior número de horas na ilha, e o que não falta, neste alojamento, são zonas para aproveitar essa sorte...

Escarpa – The Madeira Hideaway
Ricardo Faria Paulino

O Escarpa – The Madeira Hideaway é um projeto de Schahin Dedjbachsch, um alemão que se apercebeu do potencial do sítio para o turismo. Decidiu transformar antigos palheiros em 13 unidades de alojamento (desde €120), que abriram ao público no verão de 2019. Nove são Ocean View Rooms, modernos, de linhas simples e com mobiliário de Vincent Sheppard. Há ainda quatro villas, algumas com piscinas privativas e sistema de contra-corrente, além de duches exteriores. Pode até utilizar o comando e mudar a cor da piscina... A Ocean View Infinity Pool Villa é um duplex que goza ainda de uma entrada exclusiva. Olha-se em volta e o cenário lembra o de uma ilha grega, combinando o branco das estruturas com o verde das bananeiras e o azul do Atlântico.

Escarpa – The Madeira Hideaway
Ricardo Faria Paulino

Os alojamentos são só para adultos, todos têm varandas com vista para o oceano, cama de casal e destina-se a ocupação máxima de duas pessoas, com reservas mínimas de quatro noites. Estão equipados com frigo-bar abastecido com algumas bebidas e chaleira. O piso é radiante, daí a ausência de tapetes, e pode utilizar os reguladores de temperatura. Internet com boa velocidade e ligar a televisão, mas apenas para aceder gratuitamente à Netflix. O restaurante 90° vai passar a servir jantares para hóspedes, mediante marcação.

Erguido por Schahin Dedjbachsch, que também se dedica à produção de gelados artesanais no espaço Manifattura di Gelato, na Calheta, o Escarpa – The Madeira Hideaway (Caminho dos Anjos, 16, Casa 4, Ponta do Sol, Madeira. Tel. 291147000) é um ponto de partida para ir fotografar a Cascata dos Anjos, muito perto da unidade, e conhecer a vila da Ponta do Sol, aninhada entre montes e com uma bonita praia.

Escarpa – The Madeira Hideaway

O Boa Cama Boa Mesa viajou a convite da APM – Associação de Promoção da Madeira

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!