Boa Cama

No Douro há duas novas cabanas ecológicas para dormir embalado pelas estrelas

Abraçados pela paisagem campestre, de dia; pela imensidão do céu, à noite, estas duas cabanas Skyview oferecem tranquilidade, silêncio e uma imensidão de estrelas

Este alojamento em pleno Douro tem espaço para respirar, passear entre a natureza e depois descansar com vista para uma imensidão de céu estrelado, em particular nos dois novos espaços capazes de revelar toda a magia desta paisagem única. Em madeira e vidro, são brindadas pelo céu noturno e pela paisagem circundante pontuada por vinhas, pomares e cerejeiras.
No coração do Douro, onde domina o silêncio e também o ruído luminoso é reduzido, as janelas servem de cabeceira e teto a dois alojamentos que são as mais recentes edificações da Quinta da Barroca, em Armamar. Seja de dia ou de noite, o vidro oferecem uma paisagem de sonho.

Construídos 100% em madeira, com isolamento termo-acústico de excelente qualidade, os dois Skyview (desde €130) oferecem arquitetura contemporânea, vista ampla para as estrelas, e contato com a natureza abraçados pelo silêncio e a tranquilidade da Quinta da Barroca.
Instalados numa zona alta da propriedade, o teto envidraçado em conjunto com estores elétricos oferece uma vista incomparável do empreendimento onde não faltam oliveiras centenárias, vinhas, pomares, cerejeiras e laranjeiras. Com 28 metros quadrados o quarto está equipado com cama de casal e casa de banho e é decorado com mobiliário em madeira e tons neutros. O destaque vai todo para a vista que inunda o pequeno espaço.

Pela quinta de 26 hectares encontram-se diversas outras tipologias de casas, mais adequadas a casais, para desfrutar em família ou até num grupo de amigos.

Embora se mantenha a funcionar, com algumas limitações, a Quinta da Barroca aproveitou este tempo de confinamento e menor ocupação para renovar as piscinas - coberta e exterior - e aprofundar a manutenção exigida por uma propriedade que soma já dois séculos de vida, 33 como agroturismo - foi, inclusivé, o primeiro espaço a abrir como agroturismo da região Norte.

Atualmente e após obras profundas que modernizaram o espaço em 2018, conta com 32 villas, de T0 a T2, (desde €76) distribuídas pela propriedade, e quatro quartos duplos na casa principal, além dos dois novos Skyviews, de tipologia T0.
Os alojamentos trazem a envolvente para dentro de portas, usando diferentes castas ou produtos agrícolas que fazem parte da vida da quinta na designação.

Sob reserva, o restaurante da unidade serve refeições focadas na cozinha local e nos muitos ingredientes que crescem na horta biológica do empreendimento.

Como hóspede, pode conhecer e participar no quotidiano na quinta, seja no trabalho das vinhas, na apanha da maçã ou da cereja, ou até mesmo no cultivo da horta. Em alternativa, existem vários percursos assinalados que traçam roteiros para percorrer a pé entre a natureza, sem esquecer as oliveiras centenárias, verdadeiros monumentos e testemunhas da longevidade da propriedade. Escolha entre o percurso do Manuel, uma homenagem ao caseiro; o das castas, entre vinhas e o da agricultura e siga a pé ou de bicicleta. Conte ainda com piqueniques entre vinhas e provas do vinho produzido na casa.

O espaço amplo conta ainda com campo de ténis, salão de jogos e dois bares, um deles de apoio à piscina exterior, aberto apenas em época estival.

Sobre a Quinta da Barroca (Rua da Carreirinha, Queimada. Tel. 254850850), revela o guia Boa Cama Boa Mesa 2020: "Nasceram dois estúdios com telhado de vidro, para adormecer sob o céu estrelado, marcando um novo capítulo desta quinta com dois séculos e mais de 30 de agroturismo, objeto de uma profunda requalificação em 2018. Os melhoramentos continuam a refrescar o espaço, com 32 villas, de T0 a T2, e quatro quartos na casa principal. Usufrua do amplo espaço exterior, 26 hectares pontuados por vinhas, macieiras e cerejeiras, com três percursos assinalados, court de ténis, piscinas, bar, sala de jogos e muitos recantos para se enamorar".

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!