Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Cama

Savoy Palace: a nova galáxia da hotelaria madeirense

Henrique Seruca

Viajar num jato privado com transfers exclusivos e um gestor dedicado, para desfrutar de duas noites na suite presidencial com serviço de mordomo durante 24 horas. Fazer tratamentos taylormade durante cinco dias, com o Spa Guru, refeições específicas e estadia de sete noites numa das pool suites. Estas são apenas duas das experiências de luxo propostas pelo Savoy Signature para o mais recente, exuberante e elegante cinco estrelas aberto, desde julho de 2019, no coração da cidade do Funchal: o Savoy Palace.

O imenso lobby surpreende pelo imponente candelabro constituído por cinco quilos de correntes douradas. As cortinas vermelhas, os enormes espelhos e as tonalidades rosa completam o cenário a remeter para uma história encantada, à semelhança do célebre livro de Lewis Carroll, “Alice no País das Maravilhas”. Em contrapartida, as boas-vindas no Savoy Palace – edifício de 17 pisos com 352 quartos (a partir de €150), entre os quais estão contabilizadas 14 pool suites e as duas suites presidenciais, de 250 metros quadrados, com piscina – confere o real profissionalismo e o desvelo por parte de quem recebe os hóspedes.

O requinte é extensível ao Lobby Lounge, Bar & Cigar. De um lado estão os sofás, poltronas e mesas de apoio, decoração caracterizada pelo estilo clássico conjugado pela luminosidade e refletida num enorme espelho disposto ao fundo da sala. Perto do final da tarde, chegam os preparativos para o “Chá das cinco”, tradição do outrora Hotel Savoy, fundado em 1912, precisamente onde hoje está o Savoy Palace. As infusões são feitas a partir de blends exclusivos de um famosa loja de chás da cidade do Funchal.

Do lado oposto são servidos cocktails, ideal para um copo ao fim da tarde ou depois de uma refeição prolongada. Este espaço é predominado pelos verdes e pelos tons terra, tributo consagrado à floresta laurissilva da ilha. Ao fundo, os amantes de charutos, seja os hóspedes, seja o público exterior ao hotel, têm à disposição uma sala que lhes é especialmente dedicada: o Cigar Club. Para o efeito, foi desenhada uma carta de rum, com destaque para os produzidos na Madeira, e aguardentes.

Já a exuberante escadaria, em frente ao lobby com o corrimão, em dourado mate, alusivo ao bordado tipicamente madeirense, permite o acesso a três espaços de restauração. O Atelier Ochidaceae, exclusivo do imperdível pequeno-almoço, e o restaurante Hibiscus, onde é servido o buffet à hora do jantar. Ambos partilham da luminosidade dos dias soalheiros e da vista para o jardim de acesso à piscina exterior. Cada um tem uma particularidade a considerar: o candeeiro representativo das respetivas plantas. O Vimes é, por sua vez, o bar de entretenimento, com decoração alegórica ao tradicional trabalho dedicado à indústria do vime, originária na Camacha, freguesia situada a sudeste da ilha da Madeira.

As experiências internas são a nossa maior aposta”, diz Nuno Antunes, Corporate Development & Innovation Director da Savoy Signature. A prova na diversidade de espaços comuns concentrados nos pisos 0, 2 e 16. Neste último estão localizados o Jacarandá Lounge & Club e o Galáxia. O primeiro consiste em um espaço de restauração exclusivo para os hóspedes das suítes e está reservado a eventos privados. Inspirado no estilo art déco, é favorecido pela panorâmica deslumbrante sobre o oceano Atlântico. O bar, no exterior, serve de apoio à piscina infinita e à jet pool, situadas no topo do edifício, bem como ao solário convidativo e composto por chaise lounges e daybeds colocadas de frente para a magnífica vista para o mar.

Na outra ponta do edifício está, por sua vez, o Galáxia, em homenagem à mítica discoteca do antigo Hotel Savoy. Dividido no Galáxia Skybar e Galáxia Skyfood, rompe com o estilo clássico dos restantes espaços comuns. No primeiro a oferta de cocktails de assinatura ditam nomes de músicas bem conhecidas, como Space Oddity, Rocket Man ou Dark Side of the Moon, a apreciar no deck com vista mar e para a cidade do Funchal, com a skypool para adultos e os recantos criados só para hóspedes.

O segundo é referente ao restaurante de fine dining do Savoy Palace. À vista para a serra somam-se as estrelas do teto neste espaço intimista e discreto, predominado pelo azul escuro, pelas mesas cujos tampos são decorados de azulejos e pelos pequenos candeeiros de metal nelas colocados. Aberto apenas ao jantar, o Galaxy Skyfood apresenta uma cozinha baseada no receituário típico da ilha da Madeira. É o caso do cozido no panelo, dos cuscus, da Calheta, do cabrito, muito comum nas zonas serranas da ilha, ou do peixe espada e do bodião, os mais cobiçados pelos locais. Tudo com uma apresentação cuidada, para acompanhar a sucinta, mas interessante, carta vínica.

Antes de descermos ao piso 0 há que falar das unidades de alojamento. Decorados com mobiliário elegante aliado ao dourado das peças decorativas e à predominância dos tons claros, os 354 quartos primam pelo conforto e, a maioria, da vista mar. Sem descurar da sensação acolhedora de uma noite de sono tranquila, nem da luz singular característica da cidade do Funchal, graças às varandas de generosas dimensões, em particular das pool suites e das suites presidenciais.

Desçamos até ao piso 0, onde a enorme piscina exterior exibe a sua ponte romântica. Em redor, as daybeds, as camas na água e as chaise-lounges, meticulosamente espalhadas pelo relvado, complementam o gracioso e magnífico cenário dominado por mais de 250 espécies botânicas diferentes, com acesso ao Laurea Spa projetado sob a temática da floresta laurissilva e predominado pelos verdes.

São 3100 metros quadrados dedicados ao bem-estar. A amplitude do Spa concentra 11 salas de tratamento e duas de relaxamento. O corredor, alusivo aos primeiro túneis rodoviários da Madeira, os furados, dirige os hóspedes à faustosa piscina aquecida com a Lagoa da Dona Beija representada no chão e na parede, ao fundo, à sala de haloterapia, sauna, banho turco, jacuzzi, fonte de gelo, entre outra mão cheia de experiências para corpo e mente. Além do ginásio com vista jardim.

Apesar de se situar junto à piscina exterior para crianças, a gelataria é o deleite de todas as faixas etárias. Há, ainda, o Alameda Restaurante, com cozinha portuguesa e mediterrânea contíguo à recriação dos muros das quintas madeirenses antigas e à ponte de acesso para o restaurante e gastrobar Terreiro, já na rua Imperatriz Dona Amélia, no Funchal. Em frente, no corrimão de casas de arquitetura tipicamente local serão, em breve, instalados novos espaços de restauração e lojas. O objetivo da marca Savoy Signature é tornar a cidade mais cosmopolita.

Na linha desta decisão, a Savoy Signature prepara-se para dar os próximos passos no universo da hotelaria com a abertura de portas, no primeiro semestre de 2020, do hotel Next, instalado no edifício do Madeira Regency Club localizado nas traseiras do Terreiro e sobre o oceano Atlântico.

Eis o reflexo do puro luxo do Savoy Palace (avenida do Infante, 25, Funchal. Tel. 291213000), membro do The Leading Hotels of the World. Na sua criação constam a assinatura de Nini Andrade Silva, designer de interiores madeirense, em conjunto com a RH+ Arquitectos e a homenagem singular à ilha. O trabalho de arquitetura foi desenvolvido pelo atelier Saraiva + Associados.

O Boa Cama Boa Mesa viajou para a Madeira com o apoio da TAP Air Portugal.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!