Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Cama

Hotel Albatroz: um chalé de praia, com charme renovado

  • 333

Não é abusivo afirmar que o Hotel Albatroz é a unidade hoteleira com a melhor localização em Cascais. Usufrui da herança deixada pelos Duques de Loulé, que aqui edificaram um chalé de praia para poder acompanhar a família real no seu veraneio cascalense. O palacete foi, na verdade, uma das primeiras moradias luxuosas que a nobreza construiu em Cascais, corria o ano de 1873. Como a antiguidade é um posto, a escolha do local foi decisiva, com o chalé a ser edificado no promontório que separa as praias da Conceição e da Rainha. Basta, por exemplo, estar sentado na esplanada do bar ou do terraço para se ter a sensação de estar “dentro do mar”.

Atualmente constituído por três edifícios, o Hotel Albatroz nasceu como estalagem na década de 60 do século passado. Ao longo dos anos foi-se renovando e modernizando, mas foi no último inverno que a unidade hoteleira foi objeto de uma profunda remodelação, nos quartos, e áreas comuns, como o restaurante, o bar, a sala de estar e a receção, com o objetivo de dar ao Hotel Albatroz “linhas modernas e o melhor da paisagem envolvente”, sem que isso anulasse “o equilíbrio entre o contemporâneo e a sua arquitetura histórica e requintada fortalecendo o ambiente de um luxuoso chalé de praia”.

A conceituada empresa de design de interiores Graça Viterbo, sediada no Estoril, foi a responsável pela nova imagem do hotel, que desde a reabertura, em maio, se apresenta “entre tonalidades neutras e elementos marinhos”, garantindo aos espaços interiores principais “a combinação de uma atmosfera luxuosa com detalhes vintage, ao estilo da nobreza portuguesa”.

Já nos 45 quartos e as seis suítes (a partir de €150), que antes apresentavam decorações bastante distintas entre si, ganharam com a renovação, além da modernidade associada aos novos tempos, uma abordagem comum, na qual se destaca o azul a fazer a ligação com a magnífica vista de mar (exceção para os quartos Collection). Para uma experiência diferente pergunte pelos quartos do palácio (do Pelicanos), em frente à praia (independente dos outros dois edifício), onde se guarda uma surpreendente suíte, com mobiliário de época, uma elegante biblioteca e um quarto digno de príncipes e princesas.

Nas áreas comuns, a piscina exterior é local obrigatório para momentos de relaxe, onde não falta a vista para Cascais, o mar aos pés e novo mobiliário, mais elegante e confortável. O Bar e o Terraço são outros locais que merecem uma paragem sem pressas. Até ao final de setembro, todas as sextas-feiras, decorrem festas sunset, com música ao vivo. A funcionar entre as 12h30 e as 22h30, o Terraço oferece um menu de petiscos e refeições ligeiras, entre ostras, ao natural (€4) ou em versão Rockeffeler (€18), até à Santola na taça à Albatroz (€15), sem esquecer saladas, sanduíches e pizzas, mas onde também cabem algumas (boas) surpresas como o típico Robalo ao sal, a Paella terra e mar (€25), o Risotto do mar com peixes e mariscos (€22) e o Linguado Meunier. Já no restaurante, que apenas serve ao jantar (ementa mediterrânica e menu de degustação), aproveite para assistir ao pôr-do-sol, com vista para o Estoril, mas antes passe pela esplanada do bar, um dos locais mais impactantes do Hotel Albatroz (Rua Frederico Arouca, 100, Cascais. Tel. 214847380),

Reforçando a ligação ao mar e à emblemática baía de Cascais, o hotel disponibiliza ainda o iate “The Albatroz”, para passeios até Lisboa ou para assistir ao pôr-do-sol na zona da Guia.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!