Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Cama

Herdade do Vau: miradouro para um Alentejo bucólico

  • 333

A imensidão de terra alentejana salta à vista no cimo do monte, junto ao casario de linhas retas e paredes brancas. Estamos na Herdade do Vau, propriedade de enoturismo localizada em Quintos, no concelho de Beja, na margem direita do rio Guadiana, pela qual se apaixonou Miguel Sousa Otto e, em 2006, decidiu adquirir para reconstruir uma segunda casa e plantar vinha.

A concretização do sonho contou com o apoio da filha mais velha do proprietário, Maria Sousa Otto, autora do projeto de arquitetura do edifício principal e, mais tarde, dos restantes espaços deste alojamento. Do lado dos vinhos, Miguel Sousa Otto é brindado com a confiança de um amigo de longa data, o reconhecido enólogo Luís Sottomayor.

Comecemos pelos edifícios. Aqui o minimalismo é predominante, seja no exterior, seja nos interiores decorados com objetos e peças de mobiliário antigos, desde as áreas comuns aos nove quartos (a partir de €80). Seis destes – alguns dispõem de uma romântica cama de dossel – estão instalados na casa principal que, com o tempo, passou a abrir portas aos amantes da tranquila vida no campo e, claro, do vinho.

Os restantes aposentos dividem-se entre um quarto na Casa do Forno – com a sala de provas – e dois no antigo estábulo, onde está o honesty bar, uma sala com mesa de pingue-pongue e espaços para passar uma tarde ou um dia de retiro absoluto. Sem esquecer os três apartamentos (um T1 e dois T2), com kitchenette, desde 2014, são muito procurados, especialmente, por famílias com crianças.

A sala de estar da Herdade do Vau, com lareira acesa nos dias frios do ano, é acolhedora e intimista. Contígua a esta está a sala com a comprida mesa de madeira, pronta para receber os hóspedes que, com antecedência, solicitem refeições caseiras. Em contrapartida, nas noites de estio, os jantares têm lugar junto à piscina exterior, um verdadeiro miradouro para um Alentejo inteiramente bucólico, com o apaziguador rio Guadiana a completar o cenário campestre.

Todas as noites há um menu e, habitualmente, ouve-se falar mais do que uma língua no decorrer do jantar. A partilha é o pretexto para criar um ambiente descontraído, familiar e de convívio, enquanto todos comem os aperitivos, a entrada, o prato principal e a sobremesa, a respeito da qual muitos aguardam já o famoso bolo de chocolate.

A refeição é acompanhada pelos vinhos desta propriedade. As uvas são provenientes dos cerca de cinco hectares de vinha plantada, inicialmente, entre os anos 2007 e 2008. O nome Riso é transversal a todos os rótulos e são objeto das três provas vínicas cujo valor é cobrado por pessoa. A ‘Prova Riso’ (€15) inclui os vinhos Riso Colheita Especial tinto, Riso Colheita Especial branco e Riso Reserva tinto. Já a ‘Prova de Vinhos Celebrado’ (€20) contempla os anteriores, bem como o Riso Celebrado tinto (para, pelo menos, duas pessoas). A ‘Prova de Vinhos Único’ (€25) incluí os três primeiros e o Riso Único tinto (para, no mínimo, quatro pessoas). As visitas guiadas à vinha têm um custo associado (€7,50 por pessoa).

No rol de atividades da Herdade do Vau (Lugar Monte do Vau, Quintos. Tel. 911798079), são realizadas provas de peddy paper, mediante pedido prévio, as quais propiciam a descoberta de cada recanto desta propriedade. A descida do Guadiana em caiaque e os passeio de balão também são possíveis, desde que seja feita marcação prévia, além de que estão sujeitas às condições climatéricas. Em todo o caso, o court de ténis e a piscina estão disponíveis a tempo inteiro.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!