Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Cama

Grand Hotel Açores Atlântico, o novo “farol” de Ponta Delgada

  • 333

Acendeu-se uma nova luz na hotelaria de São Miguel. Fruto de uma profunda renovação do antigo Hotel Açores Atlântico, nasceu o Grand Hotel Açores Atlântico, em julho de 2018. Apesar da tenra idade, este cinco estrelas já navega rumo “a porto seguro”. Não é só grande no nome, também na forma e substância, prestigiando um setor em franca expansão no arquipélago.

O seu sentido está no mar. É diante dele e marina de Ponta Delgada que o hotel se posiciona. O diretor, Miguel Rego, explica que o transporte marítimo de passageiros feito pela Empresa Insulana de Navegação – pertenceu ao Grupo Bensaúde durante quase um século – inspirou o conceito. Conta-se a história dessa empresa através de peças raras e únicas, como cartas de navegação e de construção de navios, lemes, vigias e bandeiras originais. Cada piso irá aludir a temas como as partidas e chegadas, a construção dos navios e a festa a bordo.

No Grand Hotel Açores Atlântico, as cores são suaves, em pastel, e predomina o “latão riscado”. Mistura-se o clássico com o estilo europeu de “Grand Hotel”. As luzes indiretas dão elegância e “aquecem” o ambiente. Esse aconchego sente-se nos 140 quartos e suites (desde €95). A qualidade dos colchões agrada, mas também a beleza da geometria e linhas Art Déco do mobiliário. E pormenores como o menu de almofadas, as amenities “embutidas” e iluminadas, junto ao chuveiro, os licores e chás regionais.

O lobby é centralizado por escadas em espiral. É requintado e liga-se em open space ao Vapore Bar & Lounge. O vapor era a energia que movia a maior parte da frota da Insulana, ligando os Açores ao continente e E.U.A.. À chegada dos navios à Ilha, os antigos diriam: “Hoje é dia de São Vapor!”. Uniam-se geografias, mas também culturas e essa partilha pode acontecer no bar. A carta detalha escalas de navios, como o “Lima” e o “Carvalho Araújo”, e os individuais vêm com fotos antigas e curiosidades. Suspeitamos que o imaginário industrial estaria a gosto de Álvaro de Campos! Servem-se bebidas naturais, chás, vinho a copo, aperitivos, gins, licores, whiskys (incluindo japonês), cervejas e bons cocktails.

O Balcony Restaurant resulta da remodelação da conhecida “Varanda do Atlântico”, onde se celebravam casamentos. À mesa, seguem-se rotas deliciosas, sob condução do chefe José Gala, e do chefe de sala, Acácio Oliveira. Prove produtos regionais, com roupagem contemporânea e em harmonia com os vinhos. Saúdam-se as raridades vínicas e o café de S. Jorge, único nos Açores.

Bem-vindo a um hotel com serviço de excelência! Não é só a simpatia e a surpresa do bagageiro à espera, na garagem. É o cuidado de se apresentarem os quartos e o concierge a abrir a porta principal com muita antecedência. É o room service 24 horas por dia, o cuidado de perceber “se está tudo bem”, se é preciso alguma coisa e que sabores se apreciam na bebida. Conta, também, a resposta pronta a pedidos especiais ao pequeno-almoço e até as extensões, que facilitam o trabalho!
Conheça a piscina interior, o ginásio e saiba que aqui há salas de reuniões para até 220 pessoas. Com esta unidade, o Grupo Bensaúde fecha o “ciclo”, adicionando um cinco estrelas ao portefólio, onde figuram o Hotel Açores Lisboa, Terra Nostra Garden Hotel, Neat Hotel Avenida, Hotel Marina Atlântico, S. Miguel Park Hotel, Terceira Mar Hotel e Hotel do Canal. Na área do turismo, insere-se a atividade da Açoreana (viagens e cruzeiros) e da Wayzor Rent a Car, que foi objeto de rebranding. O alcance do Grupo chega às áreas da distribuição, energia, serviços e transporte marítimo de mercadorias.

O Boa Cama Boa Mesa viajou para os Açores com o apoio da Tap Air Portugal.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!