Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Cama

Herdade do Reguenguinho: Onde os dias se embalam com um novo verbo

  • 333
Herdade do Reguenguinho
1 / 9

Herdade do Reguenguinho

Herdade do Reguenguinho
2 / 9

Herdade do Reguenguinho

DR

Herdade do Reguenguinho
3 / 9

Herdade do Reguenguinho

DR

Herdade do Reguenguinho
4 / 9

Herdade do Reguenguinho

DR

Herdade do Reguenguinho
5 / 9

Herdade do Reguenguinho

DR

Herdade do Reguenguinho
6 / 9

Herdade do Reguenguinho

DR

Herdade do Reguenguinho
7 / 9

Herdade do Reguenguinho

DR

Herdade do Reguenguinho
8 / 9

Herdade do Reguenguinho

DR

Herdade do Reguenguinho
9 / 9

Herdade do Reguenguinho

DR

Esta é uma casa alentejana, marcada pela simpatia genuína, que dispensa formalidades e que convida ao descanso sem pressas ou horários fixos. Por Nelma Viana

Se dúvidas houvesse, de que são as pessoas que fazem os sítios, convidamos o leitor a viajar até ao sudoeste alentejano, mais precisamente até ao Cercal, para conhecer um hotel rural que vive da simpatia de quem o fez nascer. Susana e Ricardo são a dupla por trás da casa e é com o mesmo brilho nos olhos com que falam do projeto que os fez sair definitivamente de Lisboa que recebem quem lhes bate à porta. Simpatia genuína que dispensa formalidades e que convida a uns dias de descanso sem pressas ou horários fixos. Mas já lá vamos.

A Herdade do Reguenguinho, a meio caminho entre Vila Nova de Milfontes e Porto Covo, é isso mesmo: um espaço tranquilo e confortável cuidadosamente pensado para que os hóspedes se sintam em casa fora de casa. E a verdade é que tudo neste monte conspira nesse sentido, desde o prado a perder de vista onde o horizonte se funde com uma casa tipicamente alentejana que se distingue na paisagem pelos tons fortes e recantos encantados. Logo à entrada, Susana desculpa-se por o espaço ser pequeno, mas a nós parece-nos grande o suficiente para uns dias de paragem - aquilo a que própria carinhosamente chama de "reguengar". É isso mesmo: aqui encontrámos o sítio ideal para nos sentirmos longe (muito longe) da agitação da cidade. Estamos conquistados, difícil vai ser não voltar.

Enquanto nos faz uma visita pela casa, Susana vai contanto as histórias por trás de cada objeto, de cada detalhe da decoração, muitos deles comprados em viagens pelo mundo e que, por isso, dão à casa um charme apaixonante. A sala de estar com lareira esconde um segredo delicioso: uma pequena sala de leitura de estilo marroquino, com sofás e mesas rasteiras, onde as janelas rasgadas deixam ver o verde da paisagem e convidam a um fantástico pôr-do-sol numa das cadeiras de baloiço do alpendre.

Reguengar...

A sala de refeições da Herdade do Reguenguinho, com mesa corrida, tal e qual a casa de amigos, é para partilhar entre todos e é por lá, entre móveis antigos que Ricardo expõe a sua paixão por figuras de super-heróis numa vitrina de fazer inveja a qualquer colecionador. "Fazem parte da família" e fazem todo o sentido tendo em conta que estamos em casa...de amigos. É aqui que o pequeno-almoço é servido - nos dias de calor o alpendre da piscina é o mais procurado - sem hora marcada, ficando à disposição até o último hóspede chegar. No aparador é deixada uma variedade de queijos, enchidos e compotas regionais, sumos frescos, café acabado de fazer, pão de lenha ainda crocante, sem faltarem os ovos preparados ou os croissants quentinhos. É também por aqui que, a pedido, se servem refeições ligeiras. Susana não tinha pensado nos almoços e jantares, mas quando percebeu que os hóspedes resistiam a sair da casa para comer - apesar das sugestões de restaurantes e tascas de renome ali na zona - abriu as portas da cozinha para não deixar que falta nada. Afinal, "reguengar" é isto mesmo: parar e só sair do registo na hora de regressar a casa.

Lá fora, entre o jardim, o alpendre e a área da piscina, há espreguiçadeiras e cantos com sofás que convidam ao descanso e à tranquilidade no silêncio da planície. Com preços a partir de €100, a Herdade do Reguneguinho oferece seis quartos (dos quais três suítes) e duas palafitas panorâmicas elevadas ao nível da copa das árvores, cada qual com a sua decoração, mas todos unidos pelos detalhes confortáveis e extremo bom gosto que, por si só, confirmam o registo zen da casa.

Herdade do Reguenguinho
EN 262 (a cerca de 3 km. do Cercal)
Santiago do Cacém
Tel. 967 503 597

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook!
*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.